Topo

Seu Automóvel

Foi só ilusão: veja 10 carros que foram prometidos mas não vieram ao Brasil

Divulgação
Ford Mustang estava "nos planos" desde 2014; primeiro visual desta geração, no entanto, não chegou ao país Imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/02/2018 04h00

Muitos fatores influenciam no processo de lançamento de um automóvel. Instabilidade política e econômica, incompatibilidade com nossas situações de trânsito (combustível, nível de asfalto e/ou peças de fornecedores) e até clínicas com futuros clientes são motivos que podem desfazer um projeto.

Passada a barra mais pesada da crise que afligiu o setor automotivo nos últimos anos, sobram exemplos de modelos que poderiam ter sido lançados em nosso país, mas que subiram no telhado.

UOL Carros reúne abaixo 10 carros que tinham passaporte garantido para o Brasil, mas que por algum motivo deixaram de ser lançados -- ou que tiveram seu projeto repetidamente atrasados, caso do novo Ford Mustang, que começou a sondar sua estreia no Brasil em 2014, mas só chegou oficialmente agora, já ostentando um facelift no visual.

Links úteis

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Fiz que fui... Não fui

  • Murilo Góes/UOL

    Ford Mustang

    Desde o lançamento da nova geração do Mustang, em 2014, a Ford prometia trazer o muscle car para o Brasil. Na época, o carro que tinha visual diferente do atual (relembre na foto acima) havia sido prometido para 2016. O tempo passou e nada do modelo desembarcara. Só agora, na atualização de meia-vida, o esportivo finalmente faz sua estreia. Mas quem esperava pelo anterior (assim como por qualquer uma das gerações prévias) só conseguiu por importação direta.

  • Elder Barreira/UOL

    Peugeot 308 europeu

    Algumas unidades do 308 europeu foram emplacadas e passaram por testes de homologação no Brasil, mas a Peugeot viu que a conta seria salgada e preferiu congelar o projeto. No lugar, reforçou os planos de lançamento da nova geração do 3008 (que era uma "peruona" e virou um SUV) e fez uma reestilização polêmica do 308 feito na Argentina, que ganhou um desenho genérico se comparado ao belo hatch produzido na França.

  • Murilo Góes/UOL

    Renault Mégane RS

    A marca francesa chegou a fazer uma prévia no começo de 2014 para que jornalistas pudessem testar o modelo antes do lançamento, programado para o segundo semestre daquele ano. A conta não fechou, sua estreia foi cancelada e depois disso a fabricante decidiu investir em uma versão preparada do Sandero, que sairia muito mais em conta do que a importação do Mégane. Essa nós lamentamos...

  • Murilo Góes/UOL

    Renault Koleos

    SUV de luxo da marca francesa tinha o Brasil como destino certo. Equipe de UOL Carros chegou até a ir para a França guiá-lo, em meados de 2016, com expectativa de que ele estreasse no final do ano. Não foi o que aconteceu. O projeto foi colocado na geladeira e a resposta padrão da montadora (não só da Renault, mas de outras com planos "travados") era de que "era preciso esperar o novo plano do governo para novas decisões". Agora, segundo nosso colunista Fernando Calmon, o projeto Koleos pode até ser ressuscitado.

  • André Deliberato/UOL

    Hyundai Veloster Turbo

    Em 2014, ano em que o conceito R-Spec do HB20 foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, representantes do Grupo Hyundai-Caoa também mostraram a versão turbo do Veloster, com a promessa de que o modelo chegaria em nosso mercado até 2016. Estamos em 2018, a nova geração do carro acabou de ser apresentada no Salão de Detroit e até agora não existe a opção "Veloster" no site da marca.

  • Aly Song/Reuters

    Chery Tiggo 5

    Quanto pintou um carro com as cores da bandeira do Brasil no Salão do Automóvel de 2014, a Chery prometeu começar a vender por aqui o Tiggo 5, um SUV médio para competir com o líder da época Hyundai IX35, além de Honda CR-V, Kia Sportage, Mitsubishi ASX e demais carros desse nível. Pelo menos até agora o Tiggo 5 "pipocou". Quem deve surgir este ano, no entanto, é o Tiggo 2, SUV compacto que deve chegar para aposentar o cansado Tiggo.

  • Divulgação

    Chevrolet Volt

    O híbrido de autonomia estendida da General Motors, de relativo sucesso nos Estados Unidos, figurou por muito tempo no site brasileiro da marca em um espaço classificado como "Futuro". No entanto, segundo palavras da própria direção da empresa norte-americana, as coisas mudaram e o carro mais importante da GM na atualidade passou a ser o Bolt, elétrico compacto que já roda em testes até no Brasil. Com isso, o Volt perdeu espaço e sumiu do site...

  • Murilo Góes/UOL

    Kia Rio

    Entra ano, sai ano e a Kia não lança o Rio no Brasil, mesmo tendo prometido diversas vezes. A aposta mais recente seria de que o carro -- que é feito no México e tem carrocerias hatch e sedã -- chegaria em 2016, ano das Olimpíadas no Rio de Janeiro (o que faria seu lançamento ter ainda mais sentido por conta do nome)... mas não rolou. Quem sabe até o fim do ano, com a recuperação da economia e do setor automotivo, ele não possa aparecer. Até flagra da nova geração UOL Carros já fez.

  • Divulgação

    Kia Cerato hatch

    Outro carro que quase desembarcou por aqui foi a versão hatch do Cerato, nos tempos áureos da marca no Brasil -- leia: até 2012, quando o Inovar-Auto, regime imposto pelo governo da época, criou um número de cotas limitadas para importadores e acabou com o crescimento da Kia no país. Com isso, o modelo, que seria competidor de Volkswagen Golf, Ford Focus e Chevrolet Cruze Sport6, entre outros, foi deixado de lado.

  • Divulgação

    Nissan Juke/Qashqai

    A dupla de crossovers da Nissan não veio ao Brasil, embora ninguém da marca confirme isso, por causa do sucesso do Kicks. SUV compacto lançado no Brasil em 2016. Mas é fato que em 2015 a empresa japonesa chegou a cogitar os dois primeiros por aqui, além do SUV grande X-Trail, que ainda segue como promessa de ser vendido em nosso território.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Seu Automóvel