Carros

Dez detalhes do Toyota Yaris, rival de Polo e Argo que será feito no Brasil

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/10/2017 14h21

Você já sabe que a Toyota fabricará em Sorocaba e venderá a partir do ano que vem o compacto premium Yaris hatchback e sedã, projeto que tem a ambição de vingar como "campeão de vendas" da marca.

Também viu que ambos Yaris serão compactos ampliados feitos para atuar no segmento que tem preços no patamar entre R$ 50 mil e R$ 75 mil, sem utilizar a plataforma TNGA (Nova Arquitetura Global da Toyota), que é voltada a modelos de maior porte e tecnologia e que estréia com nova geração do Corolla apenas em 2019.

Também leu aqui em UOL Carros que a Toyota investiu R$ 1 bilhão em Sorocaba, gerando 500 novos postos de trabalho, para desenvolver o Yaris nacional. 

Agora, que tal ficar por dentro de dez novos detalhes sobre o modelo? Todos são informações reveladas esta semana pela Toyota Global (responsável pelos projetos de fora do Japão e dos EUA) e que dizem respeito às configurações para Ásia, Europa e América Latina.

Alguns pontos podem variar ligeiramente para o modelo nacional, mas as linhas gerais serão as mesmas, uma vez que o carro segue o padrão mundial da marca. Confira e diga o que achou no campo de comentários!

Por dentro do projeto

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    A cara do Yaris

    Ela que já era conhecida por uma única foto do hatchback apresentada no anúncio do projeto, em setembro. Tem estilo similar ao de outros modelos globais da Toyota, como o novo RAV 4, Corolla americano e mesmo o C-HR. Repare nos pontos de LED que servem de luz diurna de segurança (DRL), e que podem não existir em todas as versões. Atente ainda à enorme "boca" que serve de tomada de ar e tem padrão "colmeia" -- no sedã, que mostraremos no tópico seguinte, esse padrão é substituído por frisos horizontais. Poderia haver faróis e lanternas full-LED (que o Fit já usa), mas, no geral, UOL Carros acha esse estilo ousado o bastante para a marca e alinhado com a proposta do Corolla atual.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    A traseira do hatch

    É intenção da Toyota é ter modelos com força e atualização (de equipamentos e de visual) suficientes para competir no segmento de compactos premium que começa a crescer novamente no Brasil. O hatch tem traseira mais horizontalizada, mas muito mais requintado em estilo que o Etios, graças ao contorno mais bojudo do para-choque e às lanternas horizontalizadas e bipartidas. Seus principais rivais serão Ford Fiesta, Fiat Argo e, claro, Volkswagen Polo e Honda Fit.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    A traseira do sedã

    No segmento de sedãs, além de Chevrolet Cobalt, Honda City e Ford Fiesta Sedan, teremos a invasão de Volkswagen Virtus e Fiat Argo sedã (ainda sem nome definido) nos próximos meses. Por conta desse elevado nível de concorrentes, o Yaris Sedan precisará ser bem equipado, mas também bonito. Repare que as lanternas também horizontalizadas e bipartidas remetem às do Corolla, mas são mais longas e sinuosas.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Ainda a traseira do sedã

    Tampa do porta-malas ligeiramente arrebitada e alinhamento do arco do teto remetem a modelos coreanos, numa tentativa de modernização. Volumes de carga ainda não foram divulgados, mas repare que o porta-malas é espichado: nossa aposta é por um "best-in-class" nessa categoria.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Motorização

    Aí está a imagem frontal do Yaris Sedan, mas vamos falar aqui de motorização. O câmbio principal para o resto do mundo é o automático CVT, sendo que o Brasil poderá contar também com opção manual em versões mais baratas. O motor promete "maior eficiência", mas ainda não há confirmação de qualquer estreia por aqui: hatch e sedã devem usar opções 1.5 e 1.8 da linha Dual VVT-i Flex que já abrigam Etios sedã (1.5, 107 cv com etanol) e Corolla (1.8, 144 cv), com alguma calibração para alcançar a tal eficiência ampliada.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    O que a cabine tem

    (ATENÇÃO: imagem invertida em relação à original, que mostrava volante à esquerda, para melhor compreensão do estilo para nosso país). Espere por estilo interno mais de Corolla e menos de Etios. Volante multifuncional, ar digital (mas com uma única zona de resfriamento), painel de instrumentos atrás do volante e com tela digital para computador de bordo, botão de partida e até iluminação interna por LED estão previstos, pelo menos em versões mais caras.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    O que falta na cabine

    Já é padrão da Toyota ser conservadora em termos de equipamento. Assim, ainda não há qualquer menção a sistema multimídia com tela sensível ao toque e espelhamento de celulares (Android Auto, Apple Carplay, Mirror Link), mas isso ainda pode fazer parte do conjunto brasileiro ao menos nas versões mais caras, uma vez que todos os principais rivais trazem estes itens. Fato é que a Toyota prometeu, na apresentação do projeto, um carro "alinhado às exigências do mercado".

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Segurança: o que tem

    Já sabemos que o Yaris contará com o VSC, nome dado pela Toyota ao controle de estabilidade. Pelo menos nas versões mais caras, haverá a oferta de sete airbags, bem como direção elétrica e ganchos Isofix para cadeirinhas de criança também estão inclusos.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Segurança: o que é dúvida

    Freios a disco nas quatro rodas são dúvida -- modelos como o Polo também fazem essa diferenciação entre versões, sendo que as de entrada têm freios a tambor nas rodas traseiras, com freios a disco nas quatro rodas apenas para a mais completa.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Espaço

    Ainda não há confirmação de dimensões, mas sabe-se que a plataforma não é a TNGA, mas sim uma derivação da base compacta usada atualmente por Etios. Espera-se entre-eixos de pelo menos 2,60 m -- o que o colocaria no patamar de Polo e Argo entre hatches, e Cobalt, entre sedãs. A Toyota promete "amplo espaço para pernas" sobretudo para ocupantes do banco traseiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo