Topo

Testes e lançamentos


De Golf e Corolla a Ferrari: 20 lançamentos da Europa para bombar em 2019

Reprodução
Imagem: Reprodução

Ricardo Ribeiro

Colaboração para o UOL, em Coimbra (Portugal)

2019-01-23T07:00:00

23/01/2019 07h00

Elétricos e SUVs se destacam entre os lançamentos previstos para este ano na Europa. Renault Zoe e Nissan Leaf ganham renovações com promessa de baterias mais eficientes -- enquanto suas versões comuns começam a ser vendidas no Brasil.

Algumas marcas já atacam no esquema dois-em-um, com crossovers elétricos, caso de Mercedes EQC, Porsche Taycan, Audi E-tron e Kia e-Niro.

O novo Evoque, que chega em março, terá uma versão híbrida.

Mas se um olho está no novo controle de emissões rigoroso, o outro ainda mira a rentabilidade: SUVs urbanos a combustão ainda têm espaço generoso na lista de novidades de 2019. Renault Captur, por exemplo, ganha nova geração, e o Nissan Juke, um sucessor. A Audi diversifica entre seus compactos, com o Q4. Já a BMW foca no topo, com o jipão X7 e a renovação do X6.

Os hatches, porém, não morreram. O Renault Clio 2019 com cara de Mègane e a nova geração do Peugeot 208, que, diferente do brasileiro, terá versão elétrica, aparecem no Salão de Genebra, em março.

Com a compra da Opel pelo grupo PSA, o Corsa será renovado com a mesma plataforma do 208 e também colocará o pé na eletrificação. O trio está entre os mais vendidos no continente.

E falando em modelos bons de emplacamentos, o Golf, líder por mais um ano, terá sua oitava geração revelada ainda em 2019. O mercado brasileiro também deve ficar de olho na nova geração do Toyota Corolla, que também dará as caras neste ano no velho continente.

Campeões de venda

  • Divulgação

    Opel Corsa

    A sexta geração do icônico modelo marca, de fato, a nova era da Opel: usará a plataforma CMP, feita totalmente pela PSA e usada em modelos como o novo Peugeot 208, mas também em modelos da Citroën. Também introduzirá a primeira versão 100% elétrica sob o controle do grupo PSA -- o nome deverá ser eCorsa. Esperado para o final do ano, após o Salão de Frankfurt.

  • Reprodução

    Novo Peugeot 208

    E já que falamos de nova plataforma CMP, a nova geração do 208 (já flagrada) é um dos mais esperados lançamentos no continente, uma vez que dará o tom dos planos da PSA. A apresentação oficial deve ocorrer no Salão de Genebra, em março. Leia mais

  • Divulgação

    Kia e-Niro

    A Kia aposta em dois elétricos, o Sol EV, que chega em março, e o e-Niro, opção com 204 cv na faixa de 50 mil euros.

  • Reprodução

    Renault Clio 5

    Outra novidade prevista para ser revelada no Salão de Genebra, em março, o hatch compacto ganhou a cara do médio Mégane -- pelo menos é o que aponta o visual de uma miniatura, que parece entregar a cara da nova geração. Espera-se também uma aposta maior em tecnologia. Leia mais

  • AutoExpress/Reprodução

    Novo Renault Captur

    SUV pequeno mais vendido no continente, o Renault Captur europeu segue a base do Clio (no Brasil, usa a mesma base de Sandero, Logan e Duster) e, portanto, também ganhará nova geração este ano. Visual e equipamentos também serão modernizados, de novo, seguindo modelos mais caros, como o Mégane e Koleos. Leia mais

  • Murilo Góes/UOL

    Renault Zoe

    Antes do final do ano, a Renault inicia a comercialização do novo Zoe, que adota nova plataforma e abandona a derivada do Leaf, prometendo baterias mais eficientes e maior autonomia.

  • Divulgação

    Nissan Leaf E-Plus

    A Nissan apresentou versão mais potente de seu hatch elétrico na CES, em janeiro, que troca a bateria de 40 kWh por uma de 60 kWh. A promessa é de um aumento de 50% em autonomia e potência, hoje 150 cv e 270 km. O substituto do SUV pequeno da marca, o Juke, também é esperado para este ano, mas as linhas ainda são desconhecidas. Leia mais

  • Divulgação

    Mini EV

    A marca de pequenos controlada pela BMW promete algumas surpresas neste ano com a introdução da versão elétrica do Cooper.

  • Reprodução

    Volkswagen Golf 8

    A Volkswagen revela a oitava geração do Golf no segundo semestre. A renovação do carro de passeio mais vendido da Europa também está entre as mais aguardadas -- os flagras ficam cada vez mais constantes. Além dele, a VW inicia a venda do T-Cross em abril e uma reestilização do Passat para junho.

  • Divulgação

    Toyota Corolla

    O modelo sempre foi secundário na Europa: o hatch tinha um nome específico (Auris) e o sedã só era forte na Turquia e adjacências. Só que o novo Corolla é global e tem planos ambiciosos: o novo hatch chama-se Corolla Hatchback, já tendo sido lançado, bem como a station wagon Corolla Touring Sports, enquanto o três volumes terá mais força em outros mercados, inclusive nos principais, com o nome de Corolla Sedan. Renovado, o híbrido Prius ganhará versão com tração integral. Leia mais

Mercado premium

  • Divulgação

    Range Rover Evoque

    O novo Evoque chega em março, já com passaporte carimbado para o Brasil. Com alterações mínimas no design, as mudanças relevantes no menor Land Rover estão na mecânica e na carroceria, incluindo novos motores e uma versão híbrida. Leia mais

  • Reprodução

    Audi Q4

    Também é esperado um novo SUV compacto-médio da Audi, que compartilha plataforma com o Q3, mas traz linhas acupezadas. Missão é brigar com BMW X4 e Mercedes GLC Coupé. No segundo semestre, possivelmente após o Salão de Frankfurt, em outubro, chega a versão apimentada do utilitário Q5, o RS Q5.

  • Divulgação

    Audi e-tron

    SUV totalmente elétrico, o e-tron é a resposta da Audi ao Jaguar I-Pace e ao Tesla Model X. Promete mais de 400 km de autonomia e 80% da capacidade em meia hora de recarga. A questão é que produção e entregas estão atrasadas: as primeiras levas na Europa estão previstas para fevereiro. Leia mais

  • Divulgação

    Audi RS7

    No final do ano, é a vez do novo RS7. Baseado na nova geração do A7, a variante esportiva será a mais potente e primeiro modelo da Audi Sport com sistema híbrido plug-in, adaptando mecânica do Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid.

  • Divulgação

    BMW Série 1

    A BMW terá a reformulação do Série 1, que abandona a tração traseira para compartilhar a plataforma com a Mini e oferecer mais espaço interno. O Série 3, apresentado no final do ano passado e testado por UOL Carros, entra em venda. Na sequencia, Serie 8 Cabriolet e, no final do ano, o Gran Coupé.

  • Divulgação

    BMW X7

    O maior SUV da BMW, com 5,1 metros de comprimento, chega em março, cheio de tecnologia e porte para poucos lugares. Aliás, ele é fabricado nos EUA, portanto será importado aqui para a Europa -- é também outro modelo esperado no Brasil. Já o novo X6 deve aparecer no final do ano para encarar Mercedes GLE Coupé e o novo Audi Q8. Leia mais

  • Benoit Tessier/Reuters

    BMW Z4

    Quem não gosta de um conversível? O roadster da marca alemã tem início das vendas previstas para março.

  • Divulgação

    Porsche Taycan

    Começam as entregas da nova geração do 911 e do Cayenne Coupé, mas os olhos estão voltados para o primeiro elétrico da marca, previsto para ser lançado até o final do ano. Leia mais

  • Newspress

    Mercedes EQC

    A Mercedes tem o CLA, que já apareceu na CES Las Vegas, e um tapa na Classe B, que chega em fevereiro. As atenções, porém, estão voltadas para a chegada do EQC. O utilitário esportivo de porte médio terá 408 cv e bateria de 80 kWh para encarar o Audi e-tron. Também são esperados GLA e GLE 2019. Leia mais

  • Divulgação

    Ferrari 488 Pista Spider

    As entregas começam agora no início do ano. A versão conversível da Ferrari 488 Pista atinge 340 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos. Leia mais

Mais Testes e lançamentos