Coluna

Alta Roda

Mobi, WR-V e Porsche 911 líderes? Veja o ranking por segmentos de 2017

Murilo Góes/UOL
Fiat Mobi não faz sucesso, é? No segmento de subcompactos ele é rei Imagem: Murilo Góes/UOL
Divulgação
Alta RodaFernando Calmon

Fernando Calmon, engenheiro, jornalista e consultor, dirigiu a revista Auto Esporte e apresentou diversos programas de TV. Escreve às terças-feiras.

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

17/01/2018 04h00

Colunista Fernando Calmon aponta quais são as "famílias" de carros mais emplacadas no país no último ano

Em meio à recuperação do combalido mercado, que cresceu pouco mais de 9% em 2017, o ranking tradicional dos modelos mais vendidos da "Coluna Alta Roda" sofreu alterações técnicas. Com pesar, caiu o segmento de peruas em razão de pouca oferta e vendas baixíssimas. O avanço dos SUVs levou ao quase desaparecimento dessa opção familiar em todos os grandes mercados mundiais (à exceção da Alemanha).

De roldão, monovolumes e hatches médios também foram atingidos, porém ainda resistem. Crossovers verdadeiros serão as próximas vítimas.

Subcompactos assumiram o espaço criado dentro do quadro geral. Fiat Mobi estreou bem nessas comparações, enquanto o Renault Kwid pode ser ameaça ao líder em 2018. Não na forma de represamento das vendas iniciais que levaram a análises apressadas em setembro do ano passado, mas de uma disputa acirrada que merece ser observada.

Também se deve ressalvar que modelos novos, como Fiat Argo, Volkswagen Polo e o próprio Kwid, tiveram menos meses de vendas em 2017 e só neste semestre poderão revelar sua força efetiva junto aos compradores.

No ano passado, poucos modelos conseguiram assumir ou recuperar a liderança: Mercedes-Benz Classe C, BMW Série 5 e o surpreendente Subaru WRX. Um destaque foi o híbrido Prius aparecer em décimo lugar, no segundo mais numeroso segmento do país.

Veja mais

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Como funciona?

Classificação soma hatches e sedãs da mesma família, independentemente do nome do modelo. Sedãs com entre-eixos de significativa diferença classificam-se à parte (Versa, Logan, Etios e outros). Base é o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), citados apenas os modelos mais representativos e pela importância do segmento. Compilação é de Paulo Garbossa, da consultoria ADK. Confira o ranking abaixo:

1. Subcompacto

Fiat Mobi, 47%; Volkswagen up!, 30%; Renault Kwid, 20%. Mobi, por enquanto, fácil.

2. Compacto 

Chevrolet Onix/Prisma, 24%; Hyundai HB20  hatch/sedã, 13%; Ford Ka  hatch/sedã, 11,3%; Volkswagen Gol/Voyage, 11%; Renault Sandero, 6%; Volkswagen Fox, 3,9%; Toyota Etios hatch, 3,8%; Fiat Uno, 3%; Toyota Etios sedã, 2,9%; Fiat Argo, 2,6%; Renault Logan, 2,4%; Fiat Grand  Siena, 2,3%; Nissan Versa, 2,2%; Chevrolet Cobalt, 2,1%; Fiat Palio, 1,9%; Ford Fiesta  hatch/sedã, 1,8%; Honda City, 1,5%; Nissan March, 1,3%; Peugeot 208, 1,1%. Onix/Prisma ainda avançam.

Murilo Góes/UOL
Família de compactos da GM, formada por Onix e Prisma, é disparada a mais forte do mercado brasileiro Imagem: Murilo Góes/UOL

3. Médio-compacto

Toyota Corolla, 40%; Chevrolet Cruze hatch/sedã, 16%; Honda Civic, 15,7%; Ford Focus  hatch/sedã, 7%; Volkswagen Jetta, 5%; Volkswagen Golf, 2,4%; Nissan Sentra, 2,3%; Audi A3, 1,9%; Toyota Prius, 1,5%. Corolla segue sem ameaças.

4. Médio-grande

Mercedes-Benz Classe C, 31%; Ford Fusion, 27%; BMW Séries 3/4, 23%. Classe C volta a liderar.

5. Grande

BMW Série 5/6, 38%; Mercedes-Benz Classe E/CLS, 33%; Jaguar XF, 9%. Novo Série 5 reagiu.

6. Topo

Mercedes-Benz Classe S, 40%; BMW Série 7, 30%; Audi A8, 13%. Posições consolidadas.

7. Monovolume pequeno

Honda Fit/WR-V, 54%; Chevrolet Spin, 33%; Citroën Aircross, 11%. Diferença aumentou.

Murilo Góes/UOL
Dupla formada por Fit e WR-V coloca Honda no topo da categoria monovolumes Imagem: Murilo Góes/UOL

8. Picape pequena: 

Fiat Strada, 44%; Volkswagen Saveiro, 34%; Chevrolet Montana, 12%. Strada recuou um pouco.

9. Picape média:

Fiat Toro, 34%; Toyota Hilux, 22%; Chevrolet S10, 20%. Toro acelera.

10. SUV compacto:

HR-V, 18%; Creta, 16%; Renegade, 15%. Honda sob ameaça.

11. SUV médio-compacto:

Jeep  Compass, 55%; Hyundai ix35/Tucson, 17%; Audi Q3, 5%. Compass é líder inconteste.

12. SUV médio-grande:

Toyota SW4, 53%; Land Rover Discovery Sport, 12%; Volvo XC60, 10%. SW4 com bastante folga.

13. SUV grande:

Chevrolet Trailblazer, 34%; Mercedes-Benz GLC, 9%; Jaguar F-Pace, 8%. Preço ajuda Trailblazer.

14. Crossover:

Mitsubishi ASX, 66%; Range Rover Evoque, 26%; Fiat Freemont/Dodge Journey, 6%. Liderança tradicional do ASX.

15. Esportivo: 

Subaru WRX, 29%; Mercedes-Benz SLC, 25%; Audi TT, 23%. Subaru virou o jogo.

16. Esporte:

Porsche 911, 42%; Porsche 718 Boxster/Cayman, 34%; Jaguar F-Type, 6%. Porsche brilha.

Murilo Góes/UOL
Porsche 911 tomou do Chevrolet Camaro o posto de esportivo mais vendido Imagem: Murilo Góes/UOL

Roda Viva

Alta Roda
Imagem: Alta Roda
+ Certas iniciativas na área de trânsito, como as da Prefeitura de São Paulo, pouco acrescentam. Fiscalizar velocidade média em avenidas dentro da cidade, mesmo com fins educativos (sem multar, apenas advertir por escrito) tem eficácia limitada. No exterior, a velocidade média é controlada em poucas autoestradas na Itália e Inglaterra, nos trechos em que há abusos.

+ Estudo nos EUA indica que as metas de redução de consumo de combustível no país ajudaram a reduzir mortes em acidentes. Isso ocorre porque mais modelos utilizam estruturas e componentes em alumínio para redução de peso e, por consequência, de consumo. Esse material, em comparação ao aço, pode absorver até duas vezes mais energia numa colisão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Colunas - Alta Roda
Topo