UOL Carros

22/11/2009 - 10h00

VW Saveiro Trooper 1.6 tenta embalar na briga das picapes leves

Da Auto Press
Quando a Volkswagen lançou a nova geração da Saveiro, em agosto último, anunciou que seu principal objetivo seria recuperar o mercado. E, quem sabe, passar a ser líder de vendas no segmento. Logo de início, mostrou que pretendia ocupar todos os espaços com o lançamento da versão aventureira Trooper 1.6 com Cabine Estendida, que bateria de frente com sua principal rival, a Fiat Strada Adventure. Por enquanto, porém, o impacto foi pequeno. Em outubro, a picape da Fiat vendeu 8.143 unidades, enquanto a Saveiro emplacou apenas 1.991, 30% delas da Trooper e outros 30%, da versão 1.6.
  • Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

    Saveiro Trooper 1.6 é arma da Volks para tentar ganhar terreno na luta contra a Fiat Strada

Talvez a montadora alemã não esperasse uma briga tão difícil. E a campanha comercial, lançada pela Volks -- que exibia ocupantes da Saveiro lançando milho de pipoca em um vulcão --, parece ter um tom de profecia. Como acontece às vezes com a pipoca, a nova Saveira está demorando a estourar. Mesmo com a opção de uma configuração estendida, a Saveiro acaba por ficar com o terceiro lugar no ranking das picapes compactas, atrás da Chevrolet Montana e da Strada. A Volkswagen acredita que essa demora na resposta das vendas deve-se justamente por conta de a montadora ter levado quase dois anos para renovar a Saveiro. Logo, tentar diminuir a diferença de vendas para as rivais seria uma questão de tempo. E o que a marca tenta mostrar é que a Saveiro tem armas suficientes para chamar a atenção no mercado. A versão Trooper 1.6 chega com a função de ser um veículo coringa, que pode ser utilizado como carro de passeio ou trabalho, proporcionando conforto a motorista e passageiro.

O modelo parte de R$ 38.990 equipado com motor 1.6 8V de 101/104 cv de potência (gasolina/etanol) a 5.250 rpm e 15,4/15,6 kgfm de torque. O propulsor é assistido por um câmbio manual de cinco velocidades. Mas apesar de ser a configuração topo de linha, a Trooper 1.6 chega com uma lista muito modesta de itens de série. Aparece com direção hidráulica, faróis e lanternas de neblina, bagageiro no teto, rodas em aço com pintura preta e ganchos para a amarração da carga. Equipamentos de segurança, como airbags frontais e freios com ABS adicionam R$ 2.675 à versão. Caso o comprador queira incrementar a Trooper com ar-condicionado, travas e vidros elétricos -- conta de R$ 3.460 --, o preço chega a R$ 47.970.

A despeito de utilizar a plataforma do Gol e do Voyage, a Saveiro tem medidas diferentes do hatch e do sedã. São 4,49 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,49 m de altura e 2,75 m de entre-eixos. A caçamba acomoda 743 litros, enquanto a extensão atrás dos bancos do motorista e passageiro consegue abrigar 300 litros.

ACELERADAS

- A Saveiro foi lançada em 1982 e permaneceu líder de vendas até 2002, quando a Fiat Strada tomou a liderança.
- Esta é a quinta remodelagem da Saveiro. Antes de seu lançamento, foi cogitado o uso do nome Arena, mas a marca já estava registrada para a GM, que acaba de lançar uma da Montana com esse nome.
- Com o objetivo de ganhar mais um metro de largura em todo o piso da caçamba, a Volkswagen resolveu ampliar a bitola traseira em 10,8 cm em relação à Saveiro antiga.
- As portas da Saveiro foram alongadas em 24 cm em relação às do hatch Gol.
-A versão com cabine simples da Saveiro transporta 108 litros atrás dos bancos, 924 litros na caçamba e 715 kg de carga total.
Essa capacidade de carga, aliada ao conforto que motorista e carona podem ter na cabine, é o argumento mais forte da Trooper Estendida: sua versatilidade. A Saveiro repete todo o acabamento interno do Gol e do Voyage, com aplicação de materiais bem acabados, plásticos resistentes e até molduras cromadas. Por fora, o desenho frontal é idêntico aos das configurações hatch e sedã do compacto Volkswagen.

Em termos de design, a Saveiro começa a ganhar sua própria identidade a partir da primeira coluna. Um vinco lateral parte da caixa de roda dianteira e percorre todo o carro, fazendo uma linha de cintura na mesma altura das maçanetas das portas, contínua até encontrar as lanternas traseiras. Há estribos que facilitam o acesso à caçamba e adesivos com a nomenclatura Trooper. A boa altura da parte traseira chega para reforçar a ideia de robustez da Saveiro. O design utilizado também faz lembrar a Chevrolet Montana. Entre as picapes leves disponíveis no mercado, a Saveiro é a mais recente. A esperança da Volks é que o jovem modelo ainda possa cair nas graças do público. E estourar como a "pipoca vulcânica" da publicidade.

Volkswagen Saveiro Trooper 1.6

MotorA gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, quatro cilindros em linha, duas válvulas por cilindro e comando simples de válvulas no cabeçote. Injeção eletrônica multiponto sequencial e acelerador eletrônico.
TransmissãoCâmbio manual de cinco marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira.
Potência101 cv com gasolina e 104 cv com etanol a 5.250 rpm.
Torque15,4 kgfm com gasolina e 15,6 kgfm com etanol a 2.500 rpm.
Diâmetro e curso76,5 mm x 86,9 mm.
Taxa de compressão: 12,1:1.
SuspensãoDianteira independente do tipo McPherson, com braços triangulares transversais, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora de 20 milímetros de diâmetro. Traseira interdependente, com braços longitudinais, molas helicoidais superprogressivas e amortecedores hidráulicos.
CarroceriaPicape cabine estendida em monobloco com duas portas e dois lugares, com 4,49 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,49 m de altura e 2,75 m de entre-eixos. Oferece airbag duplo frontal como opcional.
Tanque55 litros.
Caçamba734 litros.
Peso1.035 kg em ordem de marcha, com 700 kg de carga útil.
IMPRESSÕES AO DIRIGIR
Na nova geração da Saveiro, a versão Trooper é a grande novidade. O motivo é que a configuração corresponde ao segundo modelo compacto do mercado com apelo aventureiro e cabine estendida. Nem a Chevrolet Montana, no segmento desde 2003, fez frente à versão estendida da Fiat Strada, que lidera o segmento. E a Volkswagen não esconde que quer usar a Saveiro Trooper 1.6 justamente para diminuir a diferença de vendas entre os dois modelos.

O propulsor 1.6 da Trooper dá os primeiros sinais de potência com as investidas no pedal do acelerador. A força do motor se mostra completa sempre aos 5.250 rpm. Foram necessários 11,8 segundos para que a Trooper saísse da inércia e alcançasse os 100 km/h. De 60 km/h até os 100 km/h na quarta marcha, como utilizada nas ultrapassagens, a picape demora pouco mais de 8 segundos para dar a resposta total ao motorista e mostrar mais uma vez seu vigor. O câmbio é suave e o escalonamento entre as marchas é bastante preciso. A Volkswagen ainda encurtou a primeira e a segunda velocidade em 9% e 7% para atender às necessidades de uma picape compacta -- caso alguém precise ocupar os 743 litros de carga útil da caçamba.

A velocidade máxima alcançada pela Saveiro Trooper, segundo a fábrica, é de 198 km/h, mas a partir dos 100 km/h a estabilidade começa a ficar comprometida. O equilíbrio nas frenagens é outro ponto fraco: nas freadas bruscas, o ABS opcional mantém o modelo na trajetória, mas a picape embica a frente. Com a caçamba vazia, a Saveiro torce a carroceria, até em curvas menos acentuadas. Mesmo com a nova suspensão traseira, projetada especialmente para o modelo, com molas helicoidais, a picape ainda quica bastante.

No interior do veículo, a posição de dirigir elevada facilita a condução e oferece ergonomia elogiável, com os comandos bastante intuitivos, ao alcance dos olhos e das mãos do motorista, assim como acontece do hatch Gol e sedã Voyage, já que tudo é repetido na Saveiro. A direção hidráulica é bastante macia e preza pelo conforto e o espaço interno é suficiente para deixar motorista e passageiro confortáveis. As pernas podem ser esticadas e ainda sobra espaço para guardar itens pessoais atrás do banco. A habilitabilidade, aliás, é beneficiada pela cabine estendida, que dispõe de bom espaço para acomodar objetos mais volumosos. A quantidade de porta-objetos também é suficiente.

O isolamento acústico, porém, peca na Saveiro Trooper. Começa a se mostrar falho a partir dos 90 km/h, quando o barulho dentro do habitáculo começa a incomodar. Mas a configuração estendida da Saveiro cumpre com alguma eficiência a função de ser um veículo que serve para atender às necessidades de trabalho e também como veículo de passeio.

Quanto ao consumo, a Saveiro Trooper Estendida 1.6 se destacou pelo bom desempenho, com média de 9,3 km/l com etanol em um percurso com 2/3 de cidade e 1/3 de estrada. (por por Karina Craveiro)

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES

    nova geração da Saveiro,%>