UOL Carros

01/04/2008 - 17h51

Fourtrax, quadriciclo da Honda, ganha mais motor

Da Infomoto
Para não perder a corrida na preferência dos consumidores de quadriciclos (ATVs, ou all-terrain vehicles), a Honda modernizou seu único modelo no segmento à venda no Brasil: o utilitário Fourtrax, comercializado em duas versões TM (4x2) e FM (4x4).

E começou pelo motor, item fundamental para não fazer feio na disputa com a concorrência. O novo TRX 420 Fourtrax ganhou um propulsor de maior capacidade cúbica: 420,2 cm³ contra os 329,1 cm³ da versão anterior. Recebeu ainda injeção eletrônica de combustível e refrigeração líquida.
Caio Mattos/Infomoto

O TRX 420 Fourtrax está disponível nas cores amarelo, vermelho e preto, e custa R$ 16.800 (versão 4x2)/ R$ 18.900 (versão 4x4)
VEJA MAIS FOTOS DO TRX 420 FOURTRAX


Apesar de ter a mesma arquitetura do seu antecessor -- monocilíndrico com duas válvulas e comando por varetas (OHV) --, o novo propulsor tem melhor desempenho. Sistemas de alimentação e refrigeração mais eficientes garantem agora 26,5 cv de potência máxima a 6.500 rpm, cerca de 25% mais que o Fourtrax 350, que oferecia 20,1 cv.

Mas, na prática, o que se sente mesmo é o torque maior e as respostas mais imediatas ao acelerador. O novo motor oferece 3,09 kgfm de torque máximo a 5.500 rpm, contra os 2,35 kgfm da versão anterior. O motor mais potente e "torcudo" deu ao Fourtrax 420 mais esportividade e diversão, uma vez que a Honda detectou em pesquisas que 76% dos compradores do ATV o utilizam para o lazer.

Fácil de pilotar, o ATV da Honda traz ainda embreagem centrífuga automática e câmbio de cinco velocidades com marcha à ré. Outra boa novidade na versão FM, 4x4, é o sistema trax-lock, que permite ao piloto selecionar tração nas duas rodas traseiras ou nas quatro rodas. É um item que fazia muita falta no antigo Fourtrax 350 -- afinal a tração 4x4 é necessária em algumas situações, mas pode até atrapalhar em outras.
Caio Mattos/Infomoto

Feito para o off-road, o quadriciclo TRX 420 Fourtrax na versão 4x4 possui seletor de tração, para enfrentar qualquer terreno
VEJA MAIS FOTOS DO TRX 420 FOURTRAX


Chassi
Na parte ciclística a novidade fica por conta das suspensões e freios, já que o chassi continua o mesmo berço duplo em tubos de aço, com o motor montado longitudinalmente -- aliás, uma característica dos quadriciclos utilitários da marca japonesa em todo o mundo.

O sistema de suspensões continua o mesmo: double wishbone independente na dianteira e monoamortecida na traseira. O que mudou foi apenas o curso de ambas, que passou dos antigos 150 mm para 160 mm. Diferença que se nota ao transpor obstáculos, como valas e buracos.

O sistema de freio do novo TRX 420 é a disco nas duas rodas dianteiras, uma novidade sempre bem-vinda e que proporciona frenagens mais seguras e eficazes. Na traseira, o grande tambor de 160 mm ganhou uma capa protetora que garante maior durabilidade do conjunto e menor manutenção.

Design
Além da melhora no motor, a Honda modernizou o visual de seu ATV utilitário. Com linhas angulosas, o Fourtrax 420 tem um ar mais esportivo, reforçado pelos faróis. A nova grade dianteira que protege o radiador também transmite um ar de veículo robusto, uma das diretrizes do projeto. Na traseira, as duas lanternas da versão anterior foram substituídas por uma única lanterna central com LEDs.

Para completar, novas cores foram incorporadas ao line-up. Além da tradicional vermelha para ambas as versões, marca registrada da Honda, o Fourtrax 420 TM (4x2) está disponível na cor amarela, e o FM (4x4), na cor preta.

Com tudo isso a Honda espera praticamente dobrar as vendas de seu ATV neste ano. Enquanto em 2007 foram entregues 1.059 unidades, a montadora pretende comercializar 2.029 em 2008. Para tanto, manteve o mesmo preço do antigo modelo: R$ 16.800 (TM) e R$ 18.900 (FM). Produzido em Manaus (AM), deve chegar às concessionárias da marca em meados do próximo mês de abril.

(por Arthur Caldeira)

FICHA TÉCNICA: HONDA TRX 420 FOURTRAX
MOTOR: 420,2 cm³, OHV, monocilíndrico, 4 tempos, instalado longitudinalmente, arrefecimento líquido
POTÊNCIA MÁXIMA: 26,5 cv a 6.000 rpm
TORQUE MÁXIMO: 3,09 kgfm a 5.500 rpm
TRANSMISSÃO: 5 velocidades mais marcha a ré (R-N-1-2-3-4-5)
EMBREAGEM: Centrífuga e multidisco em banho de óleo com acionamento automático
SISTEMA DE PARTIDA: Elétrica
CAPACIDADE DO TANQUE: 13,3 litros (reserva 3,7 litros).
CHASSI: Berço duplo em tubos de aço
SUSPENSÃO DIANTEIRA: Double Wishbone independente/ 160 mm
SUSPENSÃO TRASEIRA: Monoamortecida/ 160mm
FREIO DIANTEIRO: A disco 185 mm de diâmetro (acionamento hidráulico). A tambor 160 mm de diâmetro (acionamento mecânico).
PNEU DIANTEIRO: AT 24 x 8 - 12
PNEU TRASEIRO: AT 24 x 10 - 11
DIMENSÕES (C x L x A): 2.055 x 1.172 x 1.148 mm (TM)/ 2.055 x 1.172 x 1.146 mm (FM)
ENTRE-EIXOS: 1.256 mm (TM) / 1.249 mm (FM)
DISTÂNCIA MÍNIMA DO SOLO: 165 mm (TM) e 165 mm (FM)
ALTURA DO ASSENTO: 823 mm (TM) / 822 mm (FM)
PESO SECO: 237 kg (TM) / 254 kg (FM)
SISTEMA DE IGNIÇÃO: Módulo ECU
BATERIA: 12V-12Ah selada
FAROL: 30/30 W (x2)
BAGAGEIROS (LIMITE DE PESO): Dianteiro: máximo de 30 kg. Traseiro: máximo de 60 kg. Reboque: máximo de 385 kg (Peso combinado de reboque e toda a sua carga).
CORES: Vermelha e amarela (TM) e vermelha e preta (FM)
PREÇO SUGERIDO: R$ 16.800 (versão 4x2)/ R$ 18.900 (versão 4x4)

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES