Geely fez oferta por 20% da Fuji Heavy, dos carros Subaru

PEQUIM, 11 Mai (Reuters) - A empresa chinesa dona da Volvo fez uma oferta por uma participação minoritária na fabricante japonesa dos carros Subaru -que nunca foi aceita-, o que ilustra sua ambição em expandir negócios na China e em outras partes do mundo, além de ganhar mais tecnologia para melhorar seus próprios carros.

Duas fontes com conhecimento direto do assunto disseram que a Zhejiang Geely Holding Group fizeram uma oferta para comprar uma participação de cerca de 20 por cento na Fuji Heavy Industries, do Japão, no final do ano passado através de um banco de investimento intermediário.

Se a proposta tivesse sido bem sucedida, ela poderia ter pavimentado o caminho para uma joint-venture na China para produzir os Subarus, que atualmente têm que ser trazidos do exterior.

A China tem sido o maior mercado mundial de automóveis em volume desde 2009.

Com uma aquisição da Volvo e agora possivelmente de outra marca estrangeira a Geely quer não apenas expandir seus negócios no mundo rapidamente, mas usar suas tecnologias, design de automóveis e experiência na fabricação para melhorar seus próprios modelos.

A Volvo é uma marca premium e as marcas próprias da Geely na China são todas de modelos acessíveis, de baixo custo.

"A Fuji Heavy poderia ter preenchido a lacuna em meio aos produtos oferecidos pela Geely", disse Yale Zhang, diretor da empresa de consultoria de Shangai Automotive Foresight.

A participação de 20 por cento teria feito da montadora a maior acionista da Fuji, à frente da Toyota, que atualmente possui 16,5 por cento de participação.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos