Venda de veículos cai em abril e Fenabrave reduz previsão de crescimento para 2012


Anna Flávia Rochas
Em São Paulo

As vendas de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões novos no Brasil em abril caíram 14,2% na comparação com março, para 257.875 unidades, informou nesta quinta-feira (3) a associação de concessionários de veículos, Fenabrave. Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve recuo de 10,82%. No acumulado de janeiro a abril, as vendas foram de 1,076 milhão de veículos, uma queda de 3,42% ante o verificado no mesmo período de 2011.

A Fenabrave também alterou as projeções para o crescimento das vendas em 2012, sendo que a expectativa para o avanço de automóveis e comerciais leves é agora de 3,5%, ante projeção anterior de 4,5%, para 3,545 milhões.

Considerando também as vendas de caminhões, ônibus e motocicletas, setores menos aquecidos, a Fenabrave reduziu ainda mais a previsão de alta total nas vendas de veículos, para 3,4% contra a projeção anterior de 5,76%.

Em abril, as vendas somente de automóveis e comerciais leves -- principal filão do setor -- somaram 244.853 unidades, uma queda de 13,82% ante março. Já os emplacamentos de caminhões e ônibus no mesmo período caíram 20,76% para 13.022 unidades. 

MONTADORAS
Ainda de acordo com a entidade, a Fiat foi líder de mercado considerando as vendas de automóveis e comerciais leves, com uma fatia de 21,86% das vendas.

Em segundo lugar, ficou a Volkswagen, com 20,8%. GM (Chevrolet) e a Ford tiveram, respectivamente, 16,9% e 9,84% das vendas no mês passado. A Renault apareceu em quinto lugar, com 6,76% das vendas em abril.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos