Últimas de Carros

Chevrolet S10 e Trailblazer bombam motor diesel na linha 2014

Divulgação
Chevrolet S10 2014: mudanças pontuais incluem 20 cv extras na versão 2.8 turbodiesel imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

Lançados como modelo 2013 em fevereiro e em novembro de 2012, respectivamente, S10 e Trailblazer agora são 2014. Apresentada à imprensa em Porto Alegre (RS) nesta sexta-feira (30), a linha 2014 dos utilitários da Chevrolet traz como principais novidades o motor a diesel recalibrado e a incorporação do sistema de entretenimento MyLink.

Além disso, a S10 LTZ ganhou sensor de estacionamento traseiro como item de série, além de controle de velocidade em descidas e assistente de partida para subidas. O SUV Trailblazer, que já tinha os sistemas, incorpora dois airbags laterais (a um conjunto que já tinha quatro), câmera de ré e sensores de estacionamento.

A gama de utilitários médio-grandes da marca da General Motors ficou assim:
 
S10 LS 2.4 Flex M/T (5 marchas) 4x2 cabine simples -- R$ 61.490
S10 LT 2.4 Flex M/T (5 marchas) 4x2 cabine dupla -- R$ 75.490
S10 LTZ 2.4 Flex M/T (6 marchas) 4x2 cabine dupla -- R$ 88.490
S10 LT 2.8 Turbodiesel A/T (6 marchas) 4x4 cabine dupla -- R$ 114.990
S10 LTZ 2.8 Turbodiesel A/T (6 marchas) 4x4 cabine dupla -- R$ 135.990
 
Trailblazer LTZ V6 (gasolina) A/T (6 marchas) 4x4 -- R$ 136.100
Trailblazer LTZ 2.8 Turbodiesel A/T (6 marchas) 4x4 -- R$ 162.690
 
A versão diesel do SUV continua sendo o carro mais caro com fabricação no Brasil.

O sistema multimídia, que estreou no Onix e já é utilizado por Prisma, Cobalt, Sonic e Spin, tem tela de sete polegadas sensível ao toque e conexão Bluetooth, além de reprodutor de músicas, fotos e vídeos. Na S10 LT, o sistema é idêntico ao dos modelos mais baratos da GM.

A configuração LTZ ganha itens inéditos, como GPS e leitor de CD/DVD, além de botões externos. Ocorre o mesmo no Trailblazer.
  • Divulgação

    SUV Trailblazer a diesel continua com o troféu de carro nacional mais caro

A principal novidade mecânica da linha está no motor 2.8 turbodiesel, que foi recalibrado para render 200 cavalos e 51 kgfm de torque, um aumento de mais de 10% na potência, já que o antigo gerava 180 cv e 47,9 kgfm. A S10 adota nova caixa mecânica de seis marchas para as versões turbodiesel, mas mantém o câmbio de cinco velocidades para as configurações flexíveis. Clique para ver as fichas técnicas da S10 e do Trailblazer.

UOL Carros participa de test-drive nesta sexta-feira (30) e publica suas impressões oportunamente.

Viagem a convite da GM
Topo