Últimas de Carros

Atualizada em 29.08.2013 17h43

Fiat Strada com 3ª porta à la Veloster chega em outubro

Claudio Luís de Souza

Do UOL, em São Paulo (SP)

A Fiat vai lançar no Brasil até outubro mais uma variação da picape compacta Strada, líder absoluta em seu segmento e único utilitário que sempre aparece entre os dez veículos campeões de venda no Brasil. O modelo de cabine dupla (outra "jabuticaba" da Fiat, diga-se) ganhará uma terceira porta, do lado direito da carroceria. A novidade chega em outubro.

A entrada suplementar para o banco traseiro -- cujo acesso é complicado na atual Strada CD, de duas portas -- terá abertura no estilo "suicida", ou seja, em direção à traseira do carro. A cabine tem apenas duas colunas de sustentação, a do parabrisa e a da janela traseira.

O resultado será um verdadeiro "portão de entrada" para o habitáculo da Strada pelo lado direito. Mas a porta suicida só pode abrir quando a do passageiro dianteiro for aberta também, já que está tem uma espécie de aba que segura a 3ª peça.

  • Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

    Foto cedida pelo site especializado Autos Segredos mostra a picapinha Strada com 3ª porta circulando por Minas Gerais; lançamento será em outubro e inclui reestilização

O recurso da 3ª porta lateral não é inédito, mas repousava no esquecimento até a chegada do cupê Hyundai Veloster (onde não é "suicida"), que se gabava de oferecer "segurança total" ao passageiro traseiro por obrigar o embarque/desembarque pelo lado da calçada -- uma bobagem, já que no Brasil é permitido estacionar do lado esquerdo em vias de mão única.

A "Strada 3ª Porta" chegará também com alterações no visual (válidas para toda a gama) e na motorização (no Auto Segredos, um flagrante da Strada 3P dá pistas sobre lanternas e outros detalhes).

O modelo até agora não seguiu a renovação do Palio, acontecida em 2011. Além disso, o motor 1.4 Fire (versão Working) receberá upgrade para o acerto 1.4 EVO. A Trekking mantém o 1.6 E-torq, e a Adventure, o 1.8 E-torq com opção de câmbio automatizado Dualogic.

A configuração de três portas deve ser oferecida em todas as versões de acabamento da Strada -- há opção de cabine dupla e estendida nas três. Working e Trekking são vendidas também com cabine simples (dois lugares).

COMPASSO DE ESPERA
A Fiat do Brasil vive um momento de transição. Segue líder de mercado mesmo sem lançar modelo ou nova geração de impacto há quase dois anos, quando houve a reformulação do Palio. Como não tem perfil global (ao contrário de Ford, Chevrolet e Volkswagen, cada vez mais iguais em qualquer lugar do mundo), não segue a agenda da matriz italiana -- que, aliás, teve de aguardar a arrumação das contas da Chrysler.

E o que vem ditando o ritmo da Fiat aqui é a futura fábrica de Goiana (PE), prevista para abrir as portas no final de 2014 e começar a produzir no ano seguinte. UOL Carros apurou que, enquanto a unidade nordestina não estiver pronta e fazendo até 250 mil carros/ano, não dá para a empresa lançar modelos nacionais, porque não há espaço nem em Betim (MG), nem em Córdoba, na Argentina. Em outras palavras, só haveria carro inédito se outro saísse de linha.

O Mille se despede do mercado brasieliro no último dia deste ano. Em tese, desocupa uma linha em Betim para uso pleno em 2014, já que seu substituto temporário será uma variação do Palio Fire (o verdadeiro "novo Mille" fica para 2015). Antes disso, nada mudará na gama da marca italiana.

Colaborou Ricardo Ribeiro

Topo