Últimas de Carros

Mercedes-Benz faz preview do SUVinho de luxo GLA; assista

Do UOL, em São Paulo (SP)

É coisa rápida, 23 segundos de vídeo e pouco mais de 10 tomadas boas (fora as cenas encobertas, fora de foco, aceleradas ou distantes), que realmente permitem enxergar detalhes do Mercedes-Benz GLA, SUVinho de luxo que a montadora alemã vai apresentar de fato durante o Salão de Frankfurt, em  setembro.

Nas imagens, temos o GLA 250, versão topo da gama compacta regular da Mercedes-Benz. Seguindo o padrão do hatch Classe A e do sedã-cupê CLA, deverá haver apenas uma versão acima, a AMG, com motorização e equipamentos reforçados pela divisão de performance.

Nenhuma informação técnica foi apresentada até o momento, mas juntando o que se conhece sobre a motorização das versões 250 de hatch e cupê ao fato das imagens permitirem notar  outros emblemas (à distância, na tomada da traseira), é possível afirmar que esta versão mais equipada segue o conceito apresentado no Salão de Xangai, em abril: sob o capô, motor 4-cilindros de 2 litros, com turbo e injeção direta de gasolina, 211 cavalos de potência, câmbio 7G-DCT (automatizado de dupla embreagem e sete marchas) e -- aqui temos novidade -- tração integhral 4Matic, enquanto hatch e sedã convencionais têm apenas tração dianteira (integral, só na preparação da AMG).   

NOS DETALHES

  • Reprodução

    Faróis, grade, para-choque e rodas (bonitas e conhecidas da gama Mercedes, mas sem arrojo das conceituais) são mais simples que as do protótipo de Xangai.

  • Reprodução

    Na traseira, emblema da versão convencional mais equipada ladeia lanternas mais simples. Emblemas extras entregam tração integral.

  • Reprodução

Em termos de visual, porém, há uma adequação ao mundo real: faróis e nichos laterais do para-choque se distanciam das peças mostradas pelo conceito para se adequar ao padrão de Classe A e CLA -- nada de fendas ou iluminação "alien". O capô manteve os dois vincos, mas o skid plate (base do para-choque com proteção) tem acabamento menos ousado, mais despojado e sem os faróis de neblina incrustados. A grade dianteira também é mais simples, ainda que mantenha duas barras metalizadas adornando o escudo com a estrela de três pontas.

Na traseira, a régua cromada deixa de invadir as lanternas para apenas uni-las. A versão mais forte segue tendo dupla saída de escape, emulando a configuração de um carro com motor em V, ainda que a família do Classe A tenha apenas propulsores 4-cilindros. As saídas, porém, estão na base de um para-choque mais simples. As rodas também diferem das exibidas pelo SUV-conceito: no GLA do vídeo, temos a tradicional roda estrelada da Mercedes-Benz, que não é feia, mas também não é agressiva como a do protótipo de Xangai. 

No pouco que se vê do interior, muita adequação ao restante da família A e detalhes típicos como couro e costuras coloridos, além do requinte típico do segmento premium. Outros "previews" e "teasers" -- aperitivos  do novo modelo --, porém, deverão revelar mais até setembro.

Topo