Últimas de Carros

Duster atualizado vai ao Salão de Frankfurt e depois vem ao Brasil

Murilo Góes/UOL
Duster deve mudar em breve para deixar de comer poeira de modelos mais atuais imagem: Murilo Góes/UOL

Fernando Calmon

Colunista do UOL

Renault acaba de confirmar que terá um Duster atualizado no Salão de Frankfurt, que abre suas portas à imprensa especializada dia 10 de setembro e ao público geral no dia 12. As mudanças possivelmente deverão ser vistas num modelo da Dacia, subsidiária romena criadora do utilitário, além dos modelos Logan e Sandero.

Versões com visual incrementado do modelo atual -- como o Dacia Duster Black Edition -- começam a pipocar em diversos países europeu, algo normal no fim de um ciclo -- neste caso, iniciado em 2008, durante o Salão de Genebra.

Este é mais um movimento da empresa francesa e de suas submarcas para fortalecer sua participação em importantes segmentos, como é o caso dos SUVs compactos, onde as rivais também mostram novidades e avanços -- a GM, com Opel Mokka e Chevrolet Trax, já atua na Europa, América do Norte e, em algum momento na América do Sul e Brasil, e pode ser seguida por marcas como Honda, Volkswagen e de alguma forma Fiat. A Ford já anunciou esforços para fazer vingar seu EcoSport na Europa.

Voltando ao Duster, expectativa é de um ano depois -- talvez durante o Salão do Automóvel de São Paulo -- as modificações serem estendidas ao modelo brasileiro.

Renault não deve ficar parada até lá: é certo que a nova geração do sedã compacto Logan, visto no Salão de Buenos Aires (reveja o relato de UOL Carros aqui) e em flagrantes no Nordeste do Brasil, deve chegar às lojas ainda este ano. A marca prepara também a chegada ao Brasil do esportivo Mégane RS. Com 265 cavalos de potência, pode entrar na cota de 9.600 carros que a fabricante francesa pode importar este ano, dentro do Inovar-Auto (novo regime automotivo), como veículo de nicho, com baixas vendas. A maior parte do volume, porém, deve ficar mesmo com outro SUV, este com origem verdadeiramente Renault: o Captur deve briga com versões mais caras e equipadas do novo EcoSport, algo que o Duster atual não consegue mais fazer. (Com Redação) 

Topo