Últimas de Carros

Nissan e Estado do Rio estudam fazer elétrico Leaf no Brasil em 2014

Erbs Jr/Frame
Elétrico Nissan Leaf circula como táxi na cidade do Rio; carro pode ser fabricado em Resende imagem: Erbs Jr/Frame

Fernando Calmon

Colunista do UOL

Apoiada pelo governo fluminense, a Nissan estuda possível montagem do elétrico Leaf na nova fábrica de Resende, a ser inaugurada no início de 2014. Para isso Carlos Ghosn, presidente global da aliança Renault-Nissan, veio especialmente ao Brasil esta semana.

Parceria público-privada entre a Rio Negócios (Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro), Petrobras Distribuidora, Light  e Ampla (fornecedoras de energia elétrica no Estado) e a Renault-Nissan pretende viabilizar a infraestrutura para o uso de elétricos localmente. 

Atualmente, a Polícia Militar do Rio de Janeiro faz uso experimental do Leaf -- por empréstimo -- no patrulhamento da orla da cidade do Rio. Unidades do hatch elétrico também são usadas como táxi no Rio e em São Paulo (saiba mais aqui). Além dele, o dois-lugares Twizy e o sedã Fluence Z.E. já fizeram testes no país em 2012, durante a conferência Rio+20 (releia a experiência de UOL Carros com os modelos).

Custos do estudo e do projeto de adequação da estrutura local não foram revelados. O plano global da aliança Renault-Nissan prevê o investimento total de 4 bilhões de euros (mais de R$ 10 bilhões) para ser a maior produtora/vendedora de elétricos do mundo até 2016.

Como noticiado anteriormente, a fábrica de Resende vai fabricar também o substituto do Livina a partir de janeiro de 2015. Antes, porém, deve entregar March e Versa renovados (janeiro e julho de 2014, respectivamente).

FRANCESES
Além disso, a Renault iniciará importações da França. Além do hatch esportivo Mégane R.S. (saiba mais sobre ele aqui), primeiro lote do SUV compacto Captur (detalhes aqui) já embarcou rumo ao Brasil. (Com Redação de UOL Carros)

Topo