Últimas de Carros

Atualizada em 20.10.2015 19h26

Audi R8 V10 plus, de "Homem de Ferro 3", vem por R$ 700 mil

Divulgação
Com atualização, R8 V10 (agora "plus") tem 550 cv e chega no segundo semestre imagem: Divulgação

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

ATENÇÃO: O TEXTO A SEGUIR PODE CONTER SPOILERS DO FILME; LEIA POR SUA CONTA E RISCO

Se tem Homem de Ferro riscando as telas do cinema, tem Audi R8 novo voando baixo nas pistas, todo fã de automóveis -- e de cinema --  sabe disso. E se "Homem de Ferro 3" mostra mais de 40 armaduras, o superesportivo alemão chega em duas versões: há o elétrico R8 e-tron e o incrementado R8 V10 plus.

HOJE O CINEMA, AMANHÃ O MUNDO

  • Divulgação

    A Audi faz parte do Grupo Volkswagen. E a Volks quer dominar o mundo (sendo a maior fabricante de carros do planeta) até 2018, mesmo nas telonas. Assim, nem só de R8 é feita a frota de "Homem de Ferro 3". Há também carros mais normais, usados para instigar compradores dos EUA e da China, principalmente.

    Tony Stark anda de R8 e-tron, chegando a usá-lo para puxar uma carretilha e mostrar que o elétrico não tem apenas arranque, mas também força. E há mais de uma unidade, já que uma delas é destruída no decorrer da história -- mesmo nos últimos instantes, o esportivo mostra seus detalhes arrojados para a câmera.

    Namorada do herói e presidente das Indústrias Stark, Pepper Potts (vivida por Gwyneth Paltrow), arranca pela tela a bordo de um executivo e esportivo S7 prateado, que custa R$ 500 mil no Brasil. E Stark dirige ainda um A8 W12 longo, na cor preta, surrupiado de um dos vilões após cena de pancadaria.

    Audi demais? Há apenas dois carros de outra marca: num ponto qualquer do filme, um Porsche faz figuração, enquanto um Ford Mustang vermelho aparece no decorrer da história, mas sem sair do lugar.

    A mão da Volks se faz presente mesmo quando Stark/Homem de Ferro surge em Chatanooga, no Estado do Tennessee: a cidade é sede da marca alemã nos EUA. (EAB)

  • Claudio Luis de Souza/UOL

Há uma notícia interessante para os brasileiros: o R8 V10 plus está no Brasil, com duas unidades que vieram da Alemanha para a promoção local do filme e, melhor, para testes finais. O carro será apresentado à imprensa especializada em junho -- depois da estreia da nova geração do Audi A3, que chega em maio (Sport) e junho (Sportback) -- e deve desembarcar nas lojas da marca no segundo semestre. O preço ainda não está fechado, mas fontes ligadas à representação brasileira da Audi falam em algo perto dos R$ 700 mil.

Na configuração atual, o R8 custa em torno de R$ 650 mil. Segundo a Audi, os novos valores não serão muito diferentes, apesar das atualizações do novo modelo, por conta também das benesses recebidas por conta do ingresso no programa Inovar-Auto, após apresentação de projetos de nacionalização ao governo (a Audi planeja construir o novo A3 no Brasil). Menos mal, ainda que o valor siga estratosférico para quem não tem uma super-conta.

São poucas, mas interessantes, mudanças. No visual, temos faróis e lanternas de LED, mais avançadas e seguras. A grade frontal está mais fechada, para melhorar a aerodinâmica (o motor é central-traseiro, não esqueça, e o sistema frontal faz respirar câmbio e sistemas eletrônicos do esportivo), a nova carroceria pesa apenas 210 quilos e, no total, o carro emagreceu 45 quilos por conta do uso ampliado de fibra de carbono. Há ainda itens de conforto típicos de A7 e A8, como memória para ajustes de bancos e retrovisores, auxílio de estacionamento, som premium e revestimento em Napa e Alcantara para bancos em concha e volante.

De quebra, o motorzão V10 5.2 está mais forte, com 550 cavalos, levando o R8 V10 plus aos 317 km/h de máxima, com 0 a 100 km/h vencido em em pouco mais de 3 segundos.

CARRO DO HOMEM DE FERRO
No primeiro episódio da franquia de Hollywood, Tony Stark surgiu ao volante do R8 cupê, passando ao assento do conversível R8 Spyder no segundo.

Agora, a escolha de dois carros para um só filme é comercial: dentro da história, o ator Robert Downey Jr., intérprete do herói, guia o R8 e-tron,  versão com quatro motores elétricos gerando até 313 cavalos totais com torque digno de super-herói: 458,8 kgfm. 

Há um porém: neste momento, o e-tron ainda é ficção, já que o carro ainda não foi homologado para circular nas ruas, nem ser vendido.

Assim, a Audi escolheu o R8 V10 plus, que tem visual muito semelhante ao do e-tron, com luzes de LED e mudanças aerodinâmicas, mas utiliza o velho e potente motor a gasolina de 5,2 litros. Foi este o carro usado pelo elenco do filme para chegar ao tapete vermelho da estreia em Hollywood. É este carro, também, que pode ser visto em alguns cinemas da cidade de São Paulo e que será vendido em breve.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]
Topo