Lista de lançamentos mostra que este é o ano do carro médio

André Deliberato
Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Murilo Góes/UOL

    Novo Hyundai i30 e outros dez hatches médios devem agitar a temporada de 2013

    Novo Hyundai i30 e outros dez hatches médios devem agitar a temporada de 2013

O ano de 2012 foi marcado por lançamentos importantes no Brasil -- alguns, inclusive, globais. Mesmo com estreias em categorias mais caras, o foco foi no segmento de compactos, que contou com a chegada de modelos como Hyundai HB20, Chevrolet Onix, Toyota Etios, além das renovações do Volkswagen Gol e de novos pacotes do Nissan March e do Fiat Uno.

O ano de 2013, porém, deverá subir um degrau. O total de novos modelos e versões (diferenciando hatch de sedã, híbridos e carros com novos motores, mas sem contar eventuais séries especiais) chega a 91. Destes, 24 são veículos médios, e entre estes, 11 são hatches.

Veja uma lista com as principais estreias que as marcas preparam para este ano:

+ AUDI
A principal novidade da alemã é a chegada oficial do novo A3 no país, já anunciada pela fabricante. É um dos primeiros hatches médios a desembarcar no Brasil, com chance até de ser nacional. Outro que deve aparecer por aqui é o esportivo RS4 em suas versões sedã e perua.

+ BMW e MINI
Com a chegada das novas gerações de seus dois principais modelos (Série 1 e Série 3) em 2012, a marca bávara deve fazer de 2013 uma espécie de "intervalo" para preparar o lançamento de seus elétricos no Brasil, em 2014 -- os carros da linha "i", inclusive, já têm até site no país (www.bmw-i-brasil.com). As novidades devem ser o roadster Z4, a versão híbrida do Série 3 e o novo Série 1 com pacote M. A subsidiária Mini começa a vender o Paceman.

+ CHANGAN
Agora com um nome, digamos, mais ajustado ao português, a antiga Chana anunciou, no último Salão de São Paulo, a chegada de quatro novos modelos ao Brasil em 2013. Destes, um é utilitário destinado ao trabalho (não conta, portanto, em nossa lista) e outros três são compactos de passeio: Mini Benni, CX20 e Alsvin; os preços serão R$ 24.900 para o Benni e R$ 34.900 para os outros dois modelos.

+ CHERY
A maior novidade da chinesa chegaria uma semana antes do Natal de 2012, mas acabou ficando para este ano. Trata-se do Celer, um compacto (o quarto da marca em dois anos) que será vendido nas carrocerias hatch e sedã. O modelo começa a ser importado no primeiro semestre, mas ganha motor flex e produção nacional a partir de 2014, quando a fábrica da Chery em Jacareí, no interior de SP, inicia operações. Outro que chega é o Tiggo reestilizado.

Veja quais serão os principais lançamentos de 2013
Veja Álbum de fotos

+ CHEVROLET
2012 foi um dos anos mais importantes para a GM do Brasil nas duas últimas décadas. Isso porque a marca renovou praticamente toda sua linha de modelos, do compacto Onix ao SUV Trailblazer. As novidades, porém, não param por aí: logo conheceremos a versão sedã do Onix, o Agile reestilizado, a nova geração do Tracker (conhecida lá fora como Trax e Enjoy) e, possivelmente, o novo Malibu, que deve tomar o lugar do aposentado Omega com uma versão V6 (o Malibu quatro-cilindros deve desaparecer, graças ao sucesso do Cruze LTZ).

+ CHRYSLER
O grupo Chrysler (que agora inclui Dodge, Jeep, SRT e Ram) começa a trazer para o Brasil, no primeiro semestre, o Durango, um Grand Cherokee com logo da Dodge. Fora isso, a marca começa a importar o novo SRT Viper para o país. O Grand Cherokee ganha opção a diesel.

+ CITROËN
Após lançar em 2012 a nova geração do C3 e os requintados DS3 e DS5, a Citroën reservou a nova família C4 para 2013. Assim como no ano passado, em que o modelo "premium" veio antes do "civil", o DS4 deverá ser a primeira estreia da marca. Logo após deve acontecer o lançamento do novo C4 hatch e, pouco depois, do C4 L, que mata o Pallas (ambos já flagrados por UOL Carros em oficinas pelo Brasil).

+ FIAT
A marca italiana líder de mercado não reserva grandes lançamentos para 2013 -- já o fez nos últimos dois anos. A única novidade pode ser a nova geração do Fiorino, feito sobre a plataforma do novo Uno. O Viaggio, sedã médio que tomará o lugar do Linea, deve ser produzido no Brasil e, por isso, demora um pouco mais. Especula-se, também, o possível retorno da Alfa Romeo. Os modelos seriam vendidos nas poucas concessionárias Chrysler pelo país. A ver.

  • AFP

    Sem data certa, o novo Ford Fusion híbrido estréia sua segunda geração no Brasil em 2013

+ FORD
A Ford é outra que, como a Chevrolet, teve um 2012 cheio e deve ter em 2013 um ano ainda mais quente. A Ford deve lançar a versão Sport da nova Ranger; o Fusion com motor bicombustível e o híbrido; o novo New Fiesta, agora fabricado no Brasil (nas versões hatch e sedã); a nova geração do Focus (também hatch e sedã, sem perua), que deve estrear somente no segundo semestre, além do EcoSport 4x4, apresentado no final do ano, e o Everest, o SUV da Ranger (para combater diretamente o Trailblazer). O novo Ka deve ficar para o começo de 2014.

+ HAIMA
Como a Changan, a Haima, outra fabricante chinesa importada ao Brasil pelo grupo Districar, também deve lançar três carros no Brasil em 2013. Assim como a outra fabricante, os preços também já estão definidos: R$ 29.900 para o Haima 2 (hatch compacto), R$ 49.800 para o sedã Haima 3 e R$ 59.800 para o SUV Haima 7.

OS MÉDIOS DE 2013

Audi RS4
Audi RS4 Avant
Audi A3*
BMW Série 3 híbrido
Citroën C4*
Citroën DS4*
Citroën C4 L
Ford Focus*
Ford Focus Sedan
Honda Civic
Honda Civic Si
Hyundai Elantra flex
Hyundai i30*
Hyundai Veloster Turbo*
Kia Cerato
Mercedes-Benz Classe A*
Mitsubishi Lancer
Nissan Sentra
Subaru Impreza*
Subaru Impreza sedã
Toyota Prius*
Toyota RAV4
Volkswagen Golf*
Volvo V40*


*Hatchback

+ HONDA
O principal lançamento da marca será o novo Civic. Outra vez? Sim: o modelo ganhará motor 2.0 no país (já anunciado durante o Salão de São Paulo) e poderá mudar de cara para agradar a quem não gostou do desenho atual. De cara, não -- de bumbum: as principais alterações devem ser na traseira, assim como aconteceu nos EUA. O novo motor, flexível, também deve equipar o CR-V. Fora isso, a marca estuda reestrear no Brasil o Civic Si, desta vez como modelo importado, assim como a nova geração do Accord, ambos vindos do Japão.

+ HYUNDAI
Outra marca inquieta em 2012, a Hyundai mantém o ritmo acelerado de lançamentos em 2013. No primeiro semestre chegam o HB20 sedã, o HB20X (versão aventureira do hatch) e as novas gerações do i30 (agora flex) e do Santa Fe. Além disso, a sul-coreana estreia as versões flexíveis de Elantra e Tucson no primeiro semestre do ano e o Veloster Turbo, na segunda metade de 2013.

+ JAC
Após a estreia no final do ano do compacto J2, a JAC deve apenas "se manter" em 2013 e esperar por 2014, quando a fábrica da marca em Camaçari, na Bahia, inicia a produção nacional de seus modelos. Em 2013 as únicas novidades devem ser a chegada (no primeiro semestre) da versão Sport do J3 e a estreia da van Refine.

+ JAGUAR LAND ROVER
A marca britânica já havia dito, no final de 2012, que traria a nova geração do Range Rover Vogue ao Brasil em 2013. O que a marca não disse é que a versão Sport da mesma linha, que será apresentada no Salão de Genebra, poderia desembarcar por aqui no mesmo ano. Anote: será no final de 2013. A Jaguar começará a importar o F-Type.

+ KIA
As maiores novidades da Kia, que se diz prejudicada pelo novo programa do governo, é a estreia da nova geração do Cerato, sua principal estrela no Salão de São Paulo, e do novo Sorento, que chega no começo do ano. Além deles, a marca também estreia no país em 2013 o sedã Quoris, um Hyundai Equus com outro símbolo. O Optima híbrido é outro que pode pintar por aqui.

+ MAHINDRA
A indiana Mahindra também apresenta em 2013 três novidades ao Brasil: o SUV Quanto, equipado com motor 2.2 turbodiesel de 120 cv, a picape Genio (com versões com cabine simples e dupla) e o XUV500, um utilitário com tração integral e motor a diesel de 140 cv. Todos têm vasta lista de equipamentos de série. Os preços ainda não foram definidos.

  • Murilo Góes/UOL

    O novo Mercedes-Benz Classe A, agora um hatch, chega para encarar BMW Série 1 e Audi A3

+ MERCEDES-BENZ
O principal lançamento da marca alemã em 2013 será a nova geração do Classe A, que deixa de ser monovolume e passa a ser hatch para encarar diretamente BMW Série 1 e Audi A3. Fora ele, a marca começa a importar o SLS 2013, que ganhou leves modificações e nova nomenclatura, e o CLS Shooting Brake, versão perua do CLS. A subsidiária Smart não deve ter novidades.

+ MITSUBISHI
A japonesa avisou que quer dobrar suas vendas no Brasil até 2015. Para isso, os planos da marca incluem a nacionalização de alguns modelos -- estratégia anunciada ao expandir sua fábrica em Catalão (Goiás). Antes da chegada do Mirage (que pode ser em 2014), três dos atuais carros vendidos no país serão nacionais: Lancer, Outlander e ASX (este último ainda ganha um leve tapa no visual). Todos podem chegar este ano, sem data certa.

+ NISSAN
Claramente afetada pelo novo regime automotivo (que permite a importação de modelos mexicanos somente por sistema de cotas), a Nissan é outra que não vê a hora de sua fábrica (em Resende, interior do RJ) ficar pronta. 2013 deve ser para a marca somente "mais um ano", mesmo caso de outras fabricantes que aguardam por sede nacional. Suas duas principais novidades serão a nova geração do Sentra e a chegada do Altima, ambos importados do México.

  • Murilo Góes/UOL

    O novo Peugeot 208, estrela da marca em 2013, chega no primeiro semestre em várias versões

+ PEUGEOT
O principal lançamento da marca é o 208, que estreia exatos 208 dias após o anúncio de sua apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo (em março, portanto). Além dele, a marca deve lançar no país o sedã emergente 301 até o final do ano e as reestilizações de RCZ e 3008, sem data prevista. O 2008, SUV compacto criado para combater EcoSport e o Duster, deve chegar somente em 2014.

+ PORSCHE
Até a Porsche tem importante programação este ano. Após lançar no Brasil, em 2012, a nova geração do 911 (o carro mais importante da história da marca), a empresa, agora parte do Grupo Volkswagen, deve inaugurar a nova geração do Cayman e as versões GTS dos modelos Cayenne e Panamera.

+ RENAULT
A francesa é outra que trabalhou bastante em 2012. Mas vai "descansar" em 2013. Isso porque a fabricante só deve lançar as novas gerações de Logan e Sandero, recém-modificados pela romena Dacia na Europa (ambos foram recentemente reajustados pela empresa), em 2014 (ao contrário do que se especula por aí). Versões especiais dos atuais modelos, como o Duster Tech Road, podem surgir.

+ SSANGYONG
A sul-coreana SsangYong deve lançar no Brasil em 2013 a nova geração de seu principal modelo: o utilitário Actyon, nas versões picape e SUV. Além dele, a marca começa a importar o sedã Chairman e o jipinho Rexton W, ambos apresentados no Salão de São Paulo.

+ SUBARU
A marca japonesa, sempre discreta em seus lançamentos, estreia em 2013 a nova geração do Impreza e o novo XV, ambos mostrados no Salão do Automóvel. O novo Forester, apresentado no Salão de Los Angeles de 2012, também pode desembarcar por aqui, mas as chances de ele chegar somente em 2014 são maiores.

+ SUZUKI
A marca deve ter apenas uma novidade em 2013: a estreia do jipinho Jimny nacional, feito na fábrica da Mitsubishi em Catalão (GO). A produção deve se transferir para Itumbiara, também em Goiás, quando a fábrica da montadora for finalizada.

+ TOYOTA
Após o importante ano de 2012, quando lançou seu primeiro modelo popular no Brasil (o Etios), a Toyota deve ter outro ano agitado. Três modelos têm estreia marcada: a nova geração do RAV4, o Prius e o Etios com roupagem aventureira. A nova geração do Corolla é esperada para 2014.

+ VIA ITALIA (Ferrari, Lamborghini e Maserati)
O grupo importador oficial das três grifes italianas no BRasil deve começar a trazer o novo Ferrari F12 Berlinetta e os Maserati Quattroporte (nova geração) e Gran Cabrio reestilizado -- este último apresentado ao público no estande da Fiat do último Salão do Automóvel.

  • Murilo Góes/UOL

    A nova geração do Golf, com chances de ser produzida no Brasil, é um dos destaques de 2013

+ VOLKSWAGEN
O novo Golf deve ser o principal lançamento do ano. Ao menos para a Volkswagen. A sétima geração do hatch deve começar a ser importada para o país, mas também há chances de o modelo ser produzido por aqui. A Saveiro deve receber a reestilização implantada no Gol e no Voyage. O compacto Up, já flagrado por UOL Carros, e o novo Santana devem ficar para 2014.

+ VOLVO
A única novidade da marca para 2013 é a estreia do V40, hatch que substitui o C30. O modelo, eleito o mais seguro do Salão do Automóvel, inaugura no Brasil o airbag para pedestre (bolsa que infla de acordo com sensores externos). O V40 chega ao país no segundo semestre com preços entre R$ 100 mil e R$ 150 mil.

Últimas de Carros



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos