Ano tem recorde de vendas de carros novos; Gol e Fiat seguem na ponta

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • André Deliberato/UOL

    Volkswagen Gol, cuja carroceria de duas portas também ganhou o visual G5 em 2012: a coroa é dele

    Volkswagen Gol, cuja carroceria de duas portas também ganhou o visual G5 em 2012: a coroa é dele

As vendas de automóveis e comerciais leves (picapes e SUVs) novos no Brasil em 2012 cravaram o recorde de 3.634.421 unidades, informou nesta quinta-feira (3) a Fenabrave, associação que representa as concessionárias de veículos. O crescimento foi de 6,11% ante o total de 2011.

No entanto, quando se consideram as vendas totais de veículos, incluindo pesados (caminhões e ônibus), motocicletas e implementos diversos, as 5.586.586 unidades de 2012 representaram um recuo de 2,25% ante o total de 2011.

O Volkswagen Gol foi o carro mais emplacado no país em 2012 (293.293 unidades), completando uma impressionante trajetória de 26 anos como líder de vendas no país. No entanto, modelos que estrearam no ano passado e já mostram bom fôlego nas vendas, podem ajudar a incomodar (não diretamente) o hatch da marca alemã: Hyundai HB20 (22.053 unidades em pouco mais de três meses) e Chevrolet Onix (18.149 emplacamentos em dois meses) se destacam no balanço final do ano (mas não ficaram entre os 20 primeiros).

O Fiat Palio, que vinha perdendo um pouco da força como rival do Gol, voltou a vender bem (186.384 carros), depois de ser totalmente reformado no finalzinho de 2011. Mas a vice-liderança ficou com outro carro da Fiat, o Uno (somado ao Mille), que vendeu 255.838 unidades; o Palio foi o terceiro.

Veja abaixo os 20 modelos mais vendidos no Brasil em 2012, considerando automóveis e comerciais leves:

VW Gol -- 293.293 unidades
Fiat Uno/Mille -- 255.838
Fiat Palio -- 186.384
VW Fox/CrossFox  -- 167.685
Chevrolet Celta -- 137.617
Fiat Strada -- 117.455
Ford Fiesta -- 113.546
Fiat Siena/Grand Siena -- 103.547
Chevrolet Classic/Corsa Sedan  -- 98.551
Renault Sandero -- 98.442
VW Voyage -- 96.394
Chevrolet Cobalt -- 66.654
VW Saveiro -- 66.443
Ford Ka -- 56.932
Toyota Corolla -- 56.365
Chevrolet Agile -- 54.045
Honda Civic -- 50.490
Chevrolet Montana  -- 48.474
Chevrolet S10 -- 47.717
Renault Duster -- 46.893


MONTADORAS
A Fiat conseguiu completou seu 11º ano (não consecutivo) como líder de mercado entre carros e comerciais leves, abocanhando fatia de 23,06%, à frente de Volkswagen (21,14%), General Motors (17,68%) e Ford (8,9%).

O segundo pelotão é aberto pela Renault, 6ª maior vendedora de autos e comerciais leves em 2012, com 6,65% de participação, seguida por Honda (3,71%), Toyota (3,13%), Hyundai (2,98%), Nissan (2,88%) e Citroën (2,05%).

A divisão das vendas por motorização permaneceu praticamente estável ante o ano passado, com os carros 1.0 detendo 33,21% dos emplacamentos; motores acima disso e até 2 litros foram 59,02%. Vale lembrar que essa conta inclui os utilitários, com motores de maior capacidade.

No geral, os carros tidos como "de entrada" (Mille, Gol G4, Palio Fire, Chevrolet Celta) recuaram de 35,9% do mercado para 34,49% este ano. Já os hatches pequenos (Volkswagen Fox, Ford Fiesta, Renault Sandero etc.) avançaram três pontos percentuais, de 18,86% em 2011 para 21,86% no ano passado.

COMO SERÁ O AMANHÃ
Para 2013, as projeções da Fenabrave apontam para avanço de cerca de 3,5% nas vendas de automóveis e comerciais leves, para 3,934 milhões de unidades. Mas o destaque deve ser o segmento de caminhões (diretamente afetado pelos humores da indústria), com alta de 16% nas vendas, para quase 160 mil unidades.

"O cenário não é róseo, os três primeiros meses do ano são difíceis, mas a expectativa está atrelada a um crescimento do PIB de 3% em 2013", disse a jornalistas o presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti. O índice citado por ele é menor que os 4% aventados pelo governo para este ano.

Segundo Meneghetti, a inflação elevada e o crédito ainda restrito são influências negativas sobre o setor automotivo.

A projeção da Fenabrave para este ano está no ponto mais baixo da faixa estimada pela Anfavea, associação que representa as montadoras, de aumento de 3,5% a 4,5% nas vendas de veículos novos.

Em dezembro, as vendas de veículos -- incluindo carros, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos -- subiram 14,32% sobre novembro, para 510.298 unidades. Na comparação com dezembro de 2011, houve queda de 8,09%.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos