Últimas de Carros

Atualizada em 26.10.2012 12h24

BMW celebra fábrica e boa fase com Série 6, Série 3 híbrido e Z4 'impulsivo'

Eugênio Augusto Brito/UOL
Z4 sDrive 20i Design Pure Impulse se veste de amarelo para festa da BMW imagem: Eugênio Augusto Brito/UOL

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

A BMW do Brasil está em festa no Salão do Automóvel de São Paulo, que abre suas portas ao público nesta quarta-feira (24). Mas festa classuda, com direito a piano de cauda, quarteto de cordas e decoração neo-clássica. Motivos para celebrar não faltam: liderança mundial, 40 anos da grife esportiva Motorsport (M para os íntimos) e, claro, o anúncio da fábrica no Brasil, adiantado por UOL Carros e confirmado no último domingo.

A linha de performance domina o estande, o que significa que você verá o emblema M em vermelho, preto e azul por todo lado. Há ainda balcão para a linha de acessórios e pacotes esportivos, espaço da equipe de competição (que foi campeã do Campeonato de Turismo Alemão, o DTM, no ano da reestreia) e a área da BMW Motos. Mas quem atrai a visão é a pintura em amarelo vivo com rodas pretas de 19 polegadas do roadster Z4 sDrive 20i Design Pure Impulse. Apenas duas unidades do carro estarão à venda no Brasil, mas sem preço definido.

Sob o capô, o motor 4-cilindros de 2 litros de 185 cavalos e 27,5 kgfm de torque é gerenciado por câmbio automático de oito marchas com trocas sequenciais nas borboletas atrás do volante, levando o modelo aos 232 km/h máximos, com 0-100 km/h em 7 segundos.

Mas o dono da festa é o luxuoso Série 6 Gran Coupé, que vem na configuração 650i com motor V8 biturbo de nova geração (N63TU) fornecendo 456 cavalos às rodas traseiras e experimentado por UOL Carros em maio. Bonito, mas gigante: são 5 metros de carro quatro-portas, quase 3 m de entre-eixos e mais potência que a exibida pelo 650i Coupé. Imagine manobrar um destes na cidade! Para sorte dos donos, que agora podem escolher entre ter este ou Mercedes-Benz CLS e Audi A7, há sempre um "Jaime" para esta função.

Eis o Série 6 Gran Coupé

  • Eugênio Augusto Brito/UOL

    Porte de sedã de quatro portas, linhas de cupê, 650i encara Mercedes CLS e Audi A7

ALEMÃES CATARINENSES
O presidente da BMW local, Henning Dornbusch, confirmou ainda o início do que chamou de nova etapa da marca que completa 17 anos de Brasil: a construção da fábrica perto da cidade de Joinville (SC). Com investimento próprio de 200 milhões de euros (pouco menos de R$ 600 milhões), vai gerar 1.000 empregos diretos e outros 2.500 indiretos para entregar 30 mil carros iniciais.

"Não é pouco (o volume de carros). Na China, começamos com 20 mil e agora, dez anos depois, vendemos 300 mil automóveis por lá. O mesmo ocorre com Índia e Rússia", afirmou o executivo, comparando o Brasil a outros expoentes do Bric.

Como adiantado, a fábrica deve entregar os compactos Série 1, X1 e o sedã Série 3, mas este pode ser feito também na configuração híbrida, alternativa mais realista que a da divisão elétrica BMW i. Devaneio? A BMW diz ser sonho possível. O carro, aliás, está presente no estande na forma da versão ActiveHybrid M Sport: rodonas de 19 polegadas, duplo de escapes cromados, spoilers e internet a bordo movimentados por um 6-cilindros turbinado de 3 litros unido a motor elétrico totalizando 344 cavalos, conjunto que permite rodar com velocidade de até 60 km/h sem consumir gasolina. Apesar de não ter preço definido para o país, é uma forma mais racional de cobrar do governo uma política de incentivos a híbridos do que o ostentativo Série 7 híbrido.

O VALOR DAS NOVIDADES

MODELOPREÇOEXTRA
BMW 116iR$ 104.950R$ 1.000 (pintura metálica)
BMW 320i MR$ 144.950R$ 1.500 (pintura metálico)
BMW M5R$ 558.950 
BMW 750i M SportR$ 569.950 
BMW Z4 Design Pure ImpulseR$ 269.950Série limitada a 4 unidades
BMW X1 M SportR$ 179.950R$ 1.000 (pintura metálica)
BMX X6 50iR$ 479.950R$ 2.000 (pintura metálica)

 

Topo