Mitsubishi quer dobrar de tamanho, mas por enquanto mostra apenas o ASX

Eugênio Augusto Brito
Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Eugênio Augusto Brito/UOL

    Mitsubishi ASX 2013: modelo muda pouco e mantém-se na briga dos jipinhos urbanos

    Mitsubishi ASX 2013: modelo muda pouco e mantém-se na briga dos jipinhos urbanos

A Mitsubishi anunciou nesta segunda-feira (22), na apresentação à imprensa do Salão do Automóvel de São Paulo, um plano para dobrar de tamanho no Brasil até 2015, com capacidade para entregar 100 mil carros no país, com capital 100% nacional.

Atualmente a Mitsubishi está em 12º lugar no ranking de vendas no Brasil, com 1,66% de participação no mercado de carros de passeio e comerciais leves. Foram 44.245 unidades emplacadas este ano, até o final de setembro (dados da Fenabrave, a associação das concessionárias).

As instalações fabris de Catalão (GO) passarão dos atuais 72 mil metros² para 120 mil m², com investimento de R$ 1,1 bilhao. O presidente da marca, Robert Rittscher, não fala em produção local de um carro compacto (como o Mirage) neste momento. A ideia inicial é ter um complemento à linha do crossover Outlander.

Imediata mesmo é a chegada do novo ASX, ano-modelo 2013, com equipamento e visual revistos, mas mantendo seu caráter de jipinho urbano (a tração é AWD, integral).

Na mesma pegada, a marca traz ainda o novo Outlander GT e a série especial Carbon Series do Lancer Evo X, limitada a 40 unidades com apliques de fibra de carbono para enfurecer ainda mais o visual, sem mudar potência ou performance.

Todos os lançamentos chegam em novembro, por importação, ainda sem preços definidos.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos