Últimas de Carros

Audi A1 Sportback quer recuperar público que rejeitou só duas portas

Divulgação
Audi A1 Sportback chega ao Brasil com as mesmas configurações, inclusive preços, da versão duas portas imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em Itupeva (SP)

"Perdemos muitos clientes novos porque o A1 só tinha duas portas". Foi dessa forma que a Audi começou a apresentação, nesta sexta-feira (14), do A1 Sportback, a aguardada versão quatro portas do compacto. O objetivo da fabricante é aumentar as vendas do modelo -- hoje, em média, de 100 carros por mês -- para 180 unidades mensais. "Cerca de 75% da linha A1 deverá responder pelo modelo de quatro portas a partir de agora", diz a fabricante.

O carro completa a família A1 vendida no Brasil e terá duas configurações distintas: A1 Sportback Attraction, de R$ 94.900 com motor 1.4 turbo de 122 cv e 20 kgfm de torque; e A1 Sportback Ambition, por R$ 114.900, com compressor Roots no motor -- nesta versão, são 185 cv e 25 kgfm de torque a sorrateiros 2.000 giros. A versão duas portas também passa a usar o sobrenome Attraction e troca o Ambition pelo Sport. Os preços são os mesmos.

DIMENSÕES
Para receber as duas portas e aumentar ligeiramente o espaço traseiro, o A1 Sportback ganhou 1,2 cm de altura (1,42 m) e 1,3 cm de largura (1,75 m). As portas dianteiras foram substituídas por outras menores e o teto mudou de formato.O porta-malas manteve a mesma capacidade, de 270 litros.

IMPRESSÕES
UOL Carros
participou de rápido test-drive com a versão Ambition (a mais forte). Os "índices" de diversão e economia de combustível são os mesmos do A1 Sport: rápido e eficiente, o A1 Sportback de 185 cv é o patamar inicial para quem procura prazer ao dirigir e tem um cheque próximo dos R$ 115 mil. Quer ir mais afundo na avaliação do modelo? Clique aqui.

  • Compacto com motor 1.4 turbo de 185 cv tem fôlego de sobra na estrada e ainda bebe pouco

Parte do nosso test-drive foi no banco traseiro, atrás de um motorista com 1,90 m de altura. Óbvio que a proposta do A1 não é esbanjar conforto ao passageiro do banco de trás, mas se você quiser dar carona a amigos com um A1, correrá o risco de perder a amizade. O espaço é claustrofóbico. Nem tanto pelo espaço para as pernas, mais pela área da cabeça.

Um reclinação um pouco maior do banco deixaria a situação menos pior, mas sacrificaria bons litros do porta-malas. Se você é solteiro, casado ou tem um filho, ele é uma ótima escolha. Se a família ou a turma que sai para a balada forem grandes, estude outras opções.

Topo