Attractive 1.4 abre a linha do Fiat Grand Siena com vocação urbana

André Deliberato
Do UOL, em São Paulo (SP)

Para não ter de complicar o RG de seu sedã compacto, a Fiat optou por adicionar o prenome "Grand" à nova geração do Siena -- afinal, o modelo ainda é vendido também com duas carrocerias antigas, chamadas popularmente de G3 e G4.

Aceleramos o carro durante o lançamento (leia aqui) e dissemos à época: o Siena cresceu, ficou mais confortável e "elitizado", mas ainda mostra características de modelos mais baratos. Também já havíamos dito que, para o adjetivo "Grand" fazer sentido, o carro escolhido deveria ser o de motor 1.6.

Isso significa que o Grand Siena com motor 1.4 (versão Attractive) não vale o ingresso?

Não é bem assim. O carro anda menos -- são 88 cv, ante 117 cv da variante mais forte (com etanol) -- e os números de consumo dos dois são próximos (5,4 km/l na cidade e 9,3 km/l na estrada, com álcool), o que mostra que o motor 1.6 consegue ser mais eficiente. Mas o 1.4, ainda assim, pode ser uma boa pedida se você quase nunca sai da cidade e só carrega o porta-malas com as compras no final de semana.

O Grand Siena Attractive tem 4,29 metros de comprimento e 2,51 m de entre-eixos por 1,51 m de altura e 1,70 m de largura. Ou seja, traz os mesmo (bom) espaço interno e porta-malas do 1.6 (são 520 litros de capacidade total do bagageiro). O "status" e a aparência também não mudam, a não ser pelas rodas menores do 1.4 (de 14 polegadas).

O modelo traz consigo uma característica que pode fazer dele o seu carro para o dia-a-dia urbano: o comportamento dinâmico. Numa cidade travada como São Paulo, por exemplo, o Grand Siena 1.4 surpreende em curvas e em manobras mais rápidas (como uma mudança de faixa) e não deve nada a rivais como Chevrolet Cobalt, VW Voyage e Nissan Versa, apresentando pouca rolagem de carroceria para um sedã pequeno e com rodas aro 14".

Belíssimas imagens do Fiat Grand Siena Attractive 1.4
Veja Álbum de fotos

Na estrada, a história é outra: o Grand Siena é pesado (1.094 kg) e tem de rodar com giros mais altos para manter a velocidade (a 120 km/h, o conta-giros vai à casa das 4.000 rpm), causando um ruído chato que domina o interior da cabine.

No asfalto brasileiro, que infelizmente é um campo de provas, o Grand Siena se vira do jeito que pode, mas implora por um terreno mais liso. A suspensão tem batidas secas e mostra que a turma de Betim (MG) ainda precisa fazer alguns ajustes aqui e ali, mas o sistema evoluiu em relação à geração anterior.

A ergonomia também melhorou e a posição de dirigir agrada (o banco com regulagem de altura, opcional nesta versão, ajuda). O câmbio manual de cinco marchas manteve as características do Siena de primeira geração e passa longe de ser rápido, chegando a atrapalhar em certas situações pela dificuldade nos engates (o câmbio Dualogic, automatizado, não existe com o motor 1.4). O porta-malas não tem abertura interna e só pode ser aberto pela chave ou pelo logo da Fiat na tampa do bagageiro. Pode ser desconfortável, dependendo da necessidade.

Entre os equipamentos, o Grand Siena Attractive traz itens como chave-canivete, freios com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição da força de frenagem), airbag duplo, direção hidráulica, faróis de neblina, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica e volante com regulagem de altura de série. Isso tudo custa R$ 36 mil, mas note que não inclui ar-condicionado (opcional, ele custa R$ 2.814) e você vai suar em dias de muito calor e sofrer com o embaçamento dos vidros nos períodos de alta umidade do ar.

Já o Grand Siena Essence 1.6 sai por R$ 40.420 e oferece esses itens acrescidos de ar-condicionado, banco com regulagem de altura e rodas de 16 polegadas (há outros opcionais não disponíveis no 1.4). Um pacote mais interessante, só que mais caro.

Se você gostou do modelo e pode levar o 1.6, não hesite: continuamos com a opinião de que ele é o melhor dos Grand Siena. Mas se você não quer passar dos R$ 40 mil, não viaja e vai estacionar o sedã na garagem, o Attractive 1.4 não é de deixar ninguém na mão. É divertido e prático na cidade, além de ter um visual mais estiloso que o de seus rivais (entre outros, Cobalt e Versa). O único conselho é pechinchar por um bom desconto pelo ar-condicionado na concessionária Fiat.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos