Em alta nas ruas, envelopamento de carro atrai de Celta a Porsche

Caio Terreran
Do BOL, com Redação

MANDE SUA FOTO

Gostou da reportagem, mas acha que seu envelopado é mais bonito? Ou então sabe de um amigo que tenha um carro com película mais bacana?

Mande sua foto de carro envelopado para vocemanda@uol.com.br, informando seu nome completo, idade, cidade, RG (apenas para controle interno da redação) e telefone de contato (também para controle interno). Lembrando que só podem participar maiores de 18 anos.

Você também pode enviar seu conteúdo através do Twitter, para @UOLCarros com a #vcmandaenvelopado.

Os pedestres mais atentos e os adeptos das modificações automotivas já notaram: a moda do carro "envelopado" pegou no Brasil. Caracterizados pela cor preta com acabamento fosco, os carros que passam pelo procedimento chamam a atenção. Mas, apesar de parecerem pintados, são só adesivados: eles recebem camadas de um material especial colante que reveste a pintura original, dando novo visual ao automóvel.

A ideia nasceu no hemisfério norte (mais precisamente em países da Europa e nos Estados Unidos) e chegou ao Brasil há pouco mais de dois anos, de forma restrita. Agora, populariza-se nas ruas. De acordo com o empresário Paulo Bento, diretor da empresa especializada em envelopamento Preto Fosco, a procura pelo serviço vem crescendo e mais do que dobrou em um ano. "Antes, fazíamos uma média de 15 carros por mês. Agora, há meses em que adesivamos 40 automóveis", explica.

O empresário conta que o perfil de quem procura o serviço varia muito. E que isso é atestado pelos modelos em que o envelopamento é executado. Segundo ele, donos de carros como Hyundai i30, Mitsubishi Triton e Volkswagen Jetta são os que mais procuram a empresa.

"Porém já fizemos até em carros de alto luxo, como em um Porsche Cayenne e em um Lamborghini Gallardo. Neste último caso, fomos à residência do cliente e executamos o serviço por lá mesmo", aponta Paulo Bento.

FIQUE ATENTO

Documentação: Se a cor do adesivo for diferente da cor predominante do carro, o documento deverá ser alterado no Detran.

Se apenas partes do carro forem adesivadas (para-lamas, capô, etc), a atualização do documento não é necessária.
Manchas: Segundo funcionários da Preto Fosco, se a adesivagem for feita em partes do carro, pode haver diferença de tom entre a pintura das partes cobertas e daquelas expostas ao sol, após algum tempo.
Remoção: Verifique sempre a garantia dada pela empresa. A Preto Fosco, ouvida na reportagem, diz garantir sua película por até dois anos. Na remoção, uma solução é usada para retirar resquícios da lataria e evitar manchas.

O empresário ressalta que, apesar de inicialmente o serviço ter surgido aplicado a carros de alto valor, hoje modelos populares vêm passando pelo processo. "Temos feito muito em Chevrolet Celta. Personalizar o carro atualmente é um desejo de muitos motoristas. Assim como as pessoas alteram o visual de um notebook ou o de um celular com uma capa, querem fazer o mesmo com seus carros", explica.

Cotação feita pela reportagem em empresas de envelopamento localizadas em São Paulo mostra que o preço médio para envelopar um Volkswagen Gol é de R$ 1.500.

MAIS RÁPIDO QUE PINTURA
Bento conta que o envelopamento leva em média dois dias para ficar pronto -- uma vantagem em relação à pintura tradicional, feita em funilarias, que pode levar semanas. Também não é necessário desmontar o carro. Em raros casos, retiram-se retrovisores, maçanetas e lanternas para a execução do envelopamento.

"Após ficar pronto, recomendamos apenas cuidados básicos, como lavar com sabão neutro e evitar o uso de lavadoras de alta pressão, que podem danificar emendas, inevitáveis de serem usadas nos cantos do carro."

Interessados devem estar cientes de que se o carro a ser envelopado não for originalmente de cor preta deverá ter sua documentação alterada no Detran. Isso requer pagamento de taxa e apresentação do veículo para vistoria.

  • Arraste a seta e veja o Suzuki Grand Vitara prata antes e após a colocação da película fosca

Texto publicado originalmente no BOL Notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos