Porsche 993 coleciona façanhas desde 2002 e chega a 1.024 cavalos


Eduardo Bernasconi
Especial para o UOL

  • João Mantovani/Fullpower

    Porsche 993 em 2012: máxima de 378 km/h numa carreira que só tem o céu como limite

    Porsche 993 em 2012: máxima de 378 km/h numa carreira que só tem o céu como limite

Em abril de 2002 chegava às bancas a primeira edição da revista Fullpower. Ela trazia este Porsche 993 inteiro, paradinho, dias após quebrar um antigo recorde brasileiro de velocidade: média de 306 km/h em um quilômetro lançado. Os responsáveis pela façanha foram Alejandro Sanchez ao volante e um time de preparadores de primeira, liderado pelo saudoso Antônio Luis de Freitas, o Tonhão, da Powerplus. 

À época estava envelopado de amarelão. Mas, para esse novo ensaio, recebeu um belo cinza fosco que mais lembra fundo de pintura, o primer. Rústico! Sem frescuras.

É assim também na hora de acelerar, amarrado no cinto cinco pontos e no apertado banco concha revestido de couro. A marcha-lenta do seis bocas de cilindros opostos (boxer) é mansa e estável, perto de 1.000 rpm. A injeção Fueltech FT400, com datalogger e duas sondas, mostra em tempo real como está a mistura que gera mais de 1.000 cv e 120 kgfm de torque com 1,8 kg de pressão!

É preciso um monte de veterinários para cuidar dessa cavalaria. Hoje, o gerenciador da equipe responsável pelo carro é Flávio Ancona, mas o piloto continua sendo o argentino Sanchez. Há alguns fiéis escudeiros, como o preparador Rogério da Cruz e o calibrador de motores Heraldo Bueno.

  • Fullpower

    O Porsche 993 ano 1995 na página da revista Fullpower nº1, de abril de 2002; abaixo, o mesmo carro, já sem o envelopamento, muito mais potente e na ativa dez anos depois!

  • João Mantovani/Fullpower

Ao longo da década, o time teve mudanças e o motor evoluiu: passou dos cerca de 600 cv de 2002 para mais de 1.000 cv em 2011. Com isso, as marcas e recordes ficam cada vez mais inacreditáveis.

Quer um carro de velocidade máxima na garagem? Espelhe-se nesse Porsche 993 (ou no velho 911), fabricado em 1995.  A configuração atual leva dois turbos Garrett GTX3582R, intercooler gigante, injeção de óxido nitroso para resfriar esse radiador de ar e ainda render 100 cv extras! Detalhes que o fizeram atingir médias de 330 km/h e máxima de 378 km/h em apenas 1,6 km de aceleração. 

TENTE BATER
Na prática, o bicho é feio. Longe dos olhos da equipe, aceleramos o 993 com cerca de 0,5 kg de pressão nos turbos e rodando com etanol -- nas provas e acertos em dinamômetro, ele vai com metanol. Na pista travada do ECPA (Piracicaba), não dava para passar de terceira marcha, esticando até cerca de 7.200 rpm. Alejandro segura o pé até 8.200 giros em medições oficiais. O uso do nitro progessivo acontece apenas de quarta a sexta marchas e não passa de 200 cv extras. Na conta dos 1.024 cv já estão essas duas centenas.

Mais detalhes do Porsche 993
Veja Álbum de fotos

E haja pneus e suspensão para tracionar tudo isso. Os Advan traseiros são 315/30, largos e macios, para grudar ao máximo o carro no chão. Um novo setup de suspensão, Moton (holandesa), foi feito na Mico's Racing, equipe da Stock Car que esse ano tem os pilotos da família Sperafico e apoio do energético Fullpower. O peso mais para trás colabora na tração para atingir velocidades altas em trechos curtos: dos 1.426 kg, 61% estão sobre o eixo traseiro e 39%, no dianteiro.

Tudo isso leva tempo e investimento. Mas garante o resultado. Quer ter um recorde de velocide máxima? Esse é o time a ser batido!

Eduardo Bernasconi é diretor da Fullpower; veja mais fotos e um vídeo aqui
 

 

Últimas de Carros



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos