Fullpower lembra os 45 anos da batalha entre Ford Mustang e Chevrolet Camaro


Márcio Murta
Especial para o UOL

  • João Mantovani/Fullpower

    Mustang (alto da imagem) e Camaro conectam sonhos do passado com desejos atuais

    Mustang (alto da imagem) e Camaro conectam sonhos do passado com desejos atuais

Em 1964, a Ford lançou um veículo responsável por abalar o mercado automotivo dos Estados Unidos. Seu nome era Mustang. Com design inovador, porte reduzido (para os padrões do país) e motores potentes, o modelo ganhou uma legião de fãs enquanto subia na arena.

A Chevrolet decidiu não ficar apenas na platéia e, três anos após o lançamento do Mustang, entrou no ringue onde a Ford nocauteava com força cada um de seus concorrentes. O nome de seu lutador era Camaro, desenvolvido exclusivamente para derrotar o modelo do cavalo galopante. Embora fosse mais compacto, moderno, rápido, e tivesse corpo mais musculoso, o muscle-car da Chevy não ganhou a disputa. Ao menos, não imediatamente.

Mesmo sem superar o adversário em vendas, a Chevy se manteve no campo de batalha e não havia nada que a Ford pudesse fazer para tirá-lo de lá. O Camaro arrebatou torcedores e essa luta mítica se estendeu por um número impressionante de rounds. Nos anos e décadas seguintes, os rivais seguiram com a guarda alta, trocando golpes em uma severa disputa por clientes.

Os modelos tornaram-se clássicos, marcaram gerações, e cada um passou por bons e maus momentos nessa disputa.

Clássicos ou atuais, Mustang e Camaro se destacam
Veja Álbum de fotos

Em 2005, 41 anos após a estreia, a Ford lançou a quinta geração do Mustang, que causou um novo estouro de vendas. Quando a marca do oval azul pensava que tudo estava a seu favor -- o Camaro havia tido sua produção cessada em 2002 --, o modelo da GM levantou do chão nos últimos segundos da contagem do juiz, em 2009. A platéia foi da incredulidade à euforia.

Mais uma vez à frente em tecnologia, com visual retrô e motor mais potente, o Camaro contra-atacou o Mustang com garra e vem ganhando a disputa em vendas.

Queridos ou odiados, os muscle cars estão por aí e não irão embora. Eles são um importante laço de conexão com o passado e também permeiam os sonhos das gerações atuais.

Adaptação de reportagem publicada originalmente na edição 119 da revista Fullpower

Últimas de Carros

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos