Salão de Bancoc tem grandes (e pequenos) atrativos para o Brasil

Da Redação

O Salão de Bancoc (Tailândia), iniciado no último dia 25 e que vai até 5 de abril, está fora do calendário de eventos automotivos tradicionais -- o Salão de Seul, na Coreia do Sul, é o principal motor show deste período, por exemplo. Mas a 32ª edição da mostra do sudeste asiático tem importantes atrativos o mercado brasileiro, como a prévia do possível embate das novas gerações de duas picapes médias e a apresentação de modelos compactos que ganharão as ruas do país em breve.

Os principais modelos expostos no salão podem ser vistos no álbum abaixo:

GRANDES
Destes, podemos destacar a primeira aparição mundial do conceito Chevrolet Colorado, que antecipa a próxima geração da picape média da GM. De acordo com informações preliminares, quando sair do forno, a Colorado de produção será um modelo global, adaptado às necessidades de cada um dos mercados consumidores da marca. No Brasil, especula-se, o modelo deve substituir a veterana S10. O protótipo exposto em Bancoc tem a seguinte configuração: motor turbodiesel de 2,8 litro, rodas aro 20 de alumínio, pneus para uso off-road e cabine estendida, além de charmes como LEDs para as luzes de neblina/presença e lâmpadas de xênon, que dificilmente deveremos ver na futura picape vendida por aqui (infelizmente).

A rival em potencial da nova Colorado também está no salão: a nova picape Ford Ranger já havia sido mostrada no Salão da Austrália, no final de 2010, mas surge agora em versão final, pronta para ganhar as lojas em todo mundo. Já é certa a vinda do modelo para o Brasil, embora ainda não haja uma data definida: ele será fabricado na Argentina, de onde chegará por importação, certamente dotado de um motor flex derivado do quatro-cilindros de 2,5 l a gasolina (166 cv). Há ainda três opções a diesel e com trações 4x2 e 4x4.

PEQUENOS
Os compactos também atraem o público do salão tailandês, com destaque para o Audi A1, cujas primeiras unidades chegam ao Brasil em abril (com atraso, já que deveriam ter aportado em março); Nissan March/Micra, com motor de três cilindros, prometido para o Brasil em versão flex (o modelo já havia sido exposto no último Salão do Automóvel de São Paulo); o chinês Chery QQ, que será oficialmente lançado no final de abril; o inédito Honda Brio, subcompacto japonês desenvolvido para mercados emergentes e que deve ser produzido no Brasil; e, ainda, o conceito Mitsubishi Global Small, que também deve originar um subcompacto para mercados em desenvolvimento.

UOL Cursos Online

Todos os cursos