Prêmio O Melhor de Auto Press consagra Bravo, Aircross e Camaro

Da Auto Press

A edição 2011 da eleição "O Melhor de Auto Press" manteve o regulamento dos anos anteriores: o juri formado por editores de jornais e portais de todo o Brasil que publicam o conteúdo editorial da agência Auto Press deveria ir além de simplesmente indicar os melhores modelos nas categorias Hatch, Sedã, Family Car, SUV/Crossover, Picape e Esportivo/Conversível. Além de votar, precisariam justificar a escolha e ajudar a entender como alguns veículos se destacaram no ano e começarão 2011 aclamados pela imprensa nacional em seus respectivos segmentos. Afinal, é preciso ter bons predicados para se destacar em um ano em que ocorreram mais de 70 lançamentos automotivos -- entre novos produtos, re-estilizações e versões -- no país.

HATCH
No caso dos hatches, a categoria que mais vende no Brasil, o vencedor foi o recém-lançado Fiat Bravo. Ainda ausente das ruas, o médio quase foi vítima do chamado "fogo amigo". Ou seja, por pouco não perdeu a eleição para um outro Fiat, o novo Uno, o atual best-seller da marca italiana no Brasil. Além do Uno, o Bravo deixou para trás outros bem votados, como Ford Focus, Volkswagen Fox, Citroën C3 e Audi A3.

"Fiquei impressionado com a elegância do design do Bravo. Some-se a isso o acabamento interno de primeira, muita tecnologia e motorização competente", justifica Adalberto "Pardal" Vieira, editor do suplemento Motor do jornal "Cruzeiro do Sul", de Sorocaba (SP). "Embora não seja uma novidade mundial, o hatch da Fiat tem design atraente, motorização adequada e boa oferta de equipamentos", reforça Spartaco Biagio, diretor de redação do "O Diário", de Mogi das Cruzes (SP). "É o melhor carro da Fiat lançado no Brasil desde o começo do século 21", valoriza Claudio de Souza, editor de UOL Carros.

SEDÃ
Já entre os sedãs, a disputa ficou entre dois modelos importados não só de marcas diferentes, como de tamanhos e preços bem díspares, ambos lançados esse ano. Com seus 4,41 metros de comprimento, o compacto Ford New Fiesta chega do México com preços a partir de R$ 50 mil, enquanto o sedã grande Audi A8, de imponentes 5,13 metros desembarca da Alemanha e não sai das concessionárias por menos de R$ 500 mil. Talvez os 72 centímetros e R$ 450 mil a mais tenham ajudado o luxuoso a ultrapassar o compacto premium, mas foi por curta vantagem. Ford Fusion, Chevrolet Malibu e Renault Logan também tiveram boas votações.

AS ESCOLHAS DO EDITOR

Os votos de Claudio de Souza para O Melhor de Auto Press
Hatch -- Fiat Bravo
Sedã -- Ford Fusion
Family car -- Volkswagen Jetta Variant
Picape -- Volkswagen Saveiro
SUV/crossover -- Audi Q5
Esportivo -- Chevrolet Camaro

"O A8 é praticamente um carro de sonhos. Nota dez para a mecânica, o interior e a alta tecnologia, onde se destacam o sistema de visão noturna e os incríveis quatro bancos com ventilação e massageadores", diz Victor Aguiar Pinto, editor do suplemento Auto Destaque do "Diário do Pará", de Belém. "Conforto e muito tecnologia embarcada. Um carro para quem gosta de viajar e dirigir com prazer", empolga-se Michelle Monte Mor, editora de automóveis do "Diário da Região", de São José do Rio Preto. "É um show de tecnologia. Fiz o test-drive e fiquei bem impressionado com a eletrônica embarcada, como o sistema night vision. O pacote de segurança deixa a maioria dos concorrentes na poeira", opina Luís Meneghim, diretor de redação do diário "Noticias do Dia", com edições em Joinville e Florianópolis (SC).

FAMILY CAR
Nem todas as categorias tiveram disputas assim tão acirradas. Na categoria que inclui station wagons, minivans, monovolumes e multivans, o vencedor recebeu quase 70% dos votos. Com seu estilo "lameiro urbano", com direito a estepe pendurado na tampa do porta-malas e tudo, o monovolume Citroën C3 Aircross arrebatou a maioria absoluta dos editores votantes e deixou muito longe oponentes como Nissan Livina, Chevrolet Zafira, Fiat Idea e Volkswagen Jetta Variant.

"Conseguiu ser a boa novidade no segmento em 2010. Visual aventureiro, bem equipado e com um GPS eficiente no painel, agrada tanto na cidade como na estrada", define Paulo Cruz, editor do suplemento Correio Veículos do jornal "Correio do Estado", de Campo Grande (MS). "É um carro muito original, que passa também por um SUV light. O design e a tecnologia embarcada são os principais atributos", reforça Paulo Moreira, editor de veículos do "Diário do Vale", de Volta Redonda (RJ). "O lançamento que mais me surpreendeu em 2010", resume Raimundo Couto, editor de automóveis dos diários "O Tempo" e "SuperNotícia" e do semanário "Pampulha", de Belo Horizonte (MG).

PICAPE
Entre as picapes, outra briga feia, novamente entre modelos de portes e preços bem diferentes. Por pequena margem, a Volkswagen Amarok deixou para trás a nova Chevrolet Montana. "A Amarok ainda não decolou comercialmente, mas atributos não lhe faltam. Trata-se de um projeto moderno, que traz para um veículo de grande porte a dirigibilidade e o conforto de um carro de passeio, além de muita tecnologia", acredita Heitor Ornelas, editor de automóveis do jornal "A Tribuna", de Santos (SP). "Além da beleza das linhas, tem charme e versatilidade", complementa Benedicto da Silva Eloy Junior, do "Jornal da Divisa", de Ourinhos (SP). "Até que enfim a Volkswagen trouxe um veículo desta categoria para o Brasil. Um ótimo carro, com excelente suspensão, anda bem em qualquer terreno e tem um motor muito potente", vibra Reinaldo Marangoni, editor do "Jornal de Valinhos" (SP).

SUV/CROSSOVER
Disputa duríssima também entre os SUVs/crossovers, um segmento onde as principais novidades foram importadas. E o francês Peugeot 3008 superou o sul-coreano Hyundai ix35.

"O 3008 tem desenho instigante, com bom espaço interno e muita tecnologia. Chama atenção sua motorização extremamente competente", avalia "Pardal" Vieira, do "Cruzeiro do Sul". "Muita tecnologia e custo/beneficio que o destaca de seus pares", acrescenta Couto. "Seu design é chamativo, seu motor turbo é fenomenal, seu interior é sofisticação pura, sua mala é altamente versátil e ainda traz o plus do head up display", detalha Aguiar Pinto, do "Diário do Pará".

ESPORTIVO
Já entre os esportivos -- categoria que reúne também os conversíveis -- ocorreu a maior barbada da eleição. O vencedor fez o coração de quase 80% dos votantes bater mais alto, como diz seu próprio jingle de lançamento, e ultrapassou oponentes poderosos como Mercedes-Benz SLS AMG e Audi A5.

"O Camaro é o modelo de esportividade do ano. O design espetacular, o desempenho arrojado e a estabilidade impressionante são atributos que valorizam este muscle car", elege Claudio Leyria, editor de automóveis do diário "O Vale", de São José dos Campos (SP). "Sem dúvidas, é um carro que encanta sob todos os aspectos, principalmente naquele que é o seu cartão de visitas: a esportividade", destaca Biagio, de "O Diário" de Mogi. "Sonho americano em ruas brasileiras. Motor, carroceria, interior, tudo consagra este autêntico 'muscle car'. O desempenho é outro trunfo do carrão", lembra Cruz, do "Correio do Estado".

Além de explicar como e porque alguns automóveis se tornaram os "queridinhos" da imprensa brasileira, a eleição O Melhor de Auto Press 2011 reflete bem o bom momento que o Brasil vive dentro do panorama mundial, em contraste com o clima meio baixo-astral que ainda domina mercados como o norte-americano, o europeu e o japonês. Foi essa circunstância econômica que permitiu que lançamentos mundiais recentes -- como o novo Audi A8 -- e até modelos com fila de espera no exterior -- como o Peugeot 3008 -- estivessem disponíveis no mercado nacional. O Brasil está na moda e todas as marcas do mundo querem estar bem na foto por aqui. Sorte de quem gosta de carro, e mais sorte ainda de quem pode pagar por eles. (por Eduardo Rocha, Fernando Miragaya e Luiz Humberto Monteiro Pereira)

UOL Cursos Online

Todos os cursos