Conforto, estilo ou potência? As melhores motos de R$ 40 a 45 mil

Da Infomoto

  • Doni Castilho/Infomoto

    Triumph Speed Triple é naked para quem quer diversão; falta praticidade

    Triumph Speed Triple é naked para quem quer diversão; falta praticidade

Não é todo dia que se decide gastar R$ 40.000 em uma motocicleta nova. Por essa quantia, os modelos já costumam trazer muitos equipamentos e eletrônica de série.

Sendo assim, a questão não é tanto o que a moto oferece, mas sim o propósito de uso: um modelo para ser companheiro de estrada, oferecer conforto no uso urbano, desempenho esportivo ou simplesmente estilo marcante?

Infomoto selecionou oito opções entre R$ 40 mil e 45 mil disponíveis no mercado brasileiro, contemplando todas as necessidades e gostos. Confira:

BMW F 800 GS – R$ 43.350

Mario Villaescusa/Infomoto
Prós: uma das escolhas preferidas dos aventureiros, por sua forte capacidade fora-de-estrada, possui bom pacote eletrônico (controle de tração e ABS), versatilidade, potência e torque de bigtrail, e conjunto (quadro e rodas) com rigidez necessária para enfrentar os terrenos mais acidentados.
Contras: tanta valentia compromete o conforto em jornadas longas -- especialmente pelo nível de vibração do motor --, assim como a capacidade do tanque, de apenas 16 litros. Os pneus, de uso misto, devem ser trocados por quem quer utilizá-la em off-road mais pesado.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 1.122
  • Pastilha traseira: R$ 334
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 386
  • Manete esquerdo: R$ 520
  • Retrovisor esquerdo: R$ 465
  • Conjunto óptico: R$ 3.040
  • Troca de óleo: R$ 356
  • Garantia: um ano

Ducati Hypermotard – R$ 44.900

Doni Castilho/Infomoto
Prós: feita para quem tem paixão por adrenalina e não quer pagar o preço de uma superesportiva. A ciclística motard é seu ponto mais forte, tornando-a ótima para deitar nas curvas. O desenho também impõe respeito.
Contras: não é nada prática para o dia a dia, nem confortável na estrada. Além disso, domar o propulsor de 821 cc e 110 cv é exercício para poucos, mesmo com auxílios de controle de tração, freios Brembo com ABS e três modos de pilotagem.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 1.010
  • Pastilha traseira: R$ 230
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 456
  • Manete esquerdo: R$ 220
  • Retrovisor esquerdo: R$ 530
  • Conjunto óptico: R$ 3.101
  • Troca de óleo: R$ 463
  • Garantia: um ano

Harley-Davidson Street Bob – R$ 44.400

Sylvio Junior/Infomoto
Prós: o estilo "dark", com roda dianteira de 19 polegadas, guidão Ape Hanger, motor pintado de preto e traços limpos, faz dela uma custom charmosa. A atitude é urbana: console central, pedaleiras centrais, banco, partida sem chave, alarme e freios ABS geram conforto para rodar em ruas e avenidas.
Contras: não oferece qualquer tipo de proteção aerodinâmica para viajar, nem mesmo assento de garupa.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 630
  • Pastilha traseira: R$ 295
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 311
  • Manete esquerdo: R$ 150
  • Retrovisor esquerdo: R$ 243
  • Conjunto óptico: R$ 550
  • Troca de óleo: R$ 386
  • Garantia: um ano

Suzuki Burgman 650 – R$ 42.900

Doni Castilho/Infomoto
Prós: segue receita mais tradicional de scooter, com motor acoplado à roda traseira. Bicilíndrico de 55 cv rende o suficiente para viajar com segurança, além do conforto do banco largo e do para-brisa ajustável. câmbio CVT é eficiente e versátil em seus três modos de condução. O "Burgmão" também se destaca por dispor de "mimos" como retrovisores rebatíveis, apoio lombar com regulagem e painel de instrumentos bastante completo.
Contras: é mais comprido e pesado do que alguns concorrentes, o que limita seu uso na cidade. Valor também é demasiadamente alto.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 260
  • Pastilha traseira: R$ 130
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 220
  • Manete esquerdo: R$ 340
  • Retrovisor esquerdo: R$ 1.200
  • Conjunto óptico: R$ 2.300
  • Troca de óleo: R$ 210
  • Garantia: um ano

Triumph Daytona 675 – R$ 41.990

Doni Castilho/Infomoto
Prós: com linhas modernas e corpo esguio, esportiva média oferece motor tricilíndrico de 128 cv, boa distribuição de peso (são 167 quilos a seco), ciclística acertada, agilidade e estabilidade para contornar curvas.
Contras: fica devendo nos itens conforto e capacidade de carga.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 370
  • Pastilha traseira: R$ 285
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 286
  • Manete esquerdo: R$ 259
  • Retrovisor esquerdo: R$ 482
  • Conjunto óptico: R$ 1.875
  • Troca de óleo: R$ 229
  • Garantia: dois anos, sem limite de quilometragem

Triumph Speed Triple – R$ 43.990

Doni Castilho/Infomoto
Prós: naked com visual agressivo e personalidade única, é dona de ciclística nota 10 e motor que gosta de girar alto. Oferece estilo e condução divertida por um preço competitivo, além de itens como freios ABS de série.
Contras: seu grande problema é não ser prática: a capacidade de carga é reduzida e o banco da garupa não está entre as referências. Indicada para passeios curtos no fim de semana.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 409
  • Pastilha traseira: R$ 268
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 286
  • Manete esquerdo: R$ 259
  • Retrovisor esquerdo: R$ 376
  • Conjunto óptico: R$ 1.947
  • Troca de óleo: R$ 229
  • Garantia: dois anos sem limite de quilometragem

Triumph Tiger 800 XRx – R$ 42.190

Divulgação
Prós: bigtrail valente na estrada -- graças às rodas de liga leve aro 19, para-brisa com regulagem manual, tanque com capacidade para 19 litros (autonomia acima de 300 quilômetros), piloto automático e protetores de mão --, mas também confortável na cidade (possui banco baixo e assistentes como mapas de injeção e freios ABS).
Contras: visual controverso e ausência de regulagem para a suspensão dianteira.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 340
  • Pastilha traseira: R$ 306
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 286
  • Manete esquerdo: R$ 395
  • Retrovisor esquerdo: R$ 391
  • Conjunto óptico completo: R$ 1.860
  • Troca de óleo com filtro (+ mão-de-obra): R$ 385
  • Garantia da moto: dois anos sem limite de quilometragem

Yamaha T-Max 530 - R$ 42.500

Divulgação
Prós: com soluções de engenharia diferenciadas, proporciona conforto de scooter com desempenho de moto. O motor bicilíndrico de 46,2 cv e a transmissão final por correia dentada garantem arrancadas vigorosas, o que, aliado ao seu porte, fazem deste um maxiscooter urbano e também indicado para viagens em rodovias bem pavimentadas. 
Contras: tem preço cotado acima da média do segmento, já que é importado, e altura elevada do solo, capaz de fazer um motociclista mais baixo sofrer.

QUANTO CUSTA MANTER:

  • Pastilha dianteira: R$ 760
  • Pastilha traseira: R$ 320
  • Pisca dianteiro esquerdo: R$ 305
  • Manete esquerdo: R$ 208
  • Retrovisor esquerdo: R$ 400
  • Conjunto óptico: R$ 6.090
  • Troca de óleo: R$ 206
  • Garantia: um ano

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos