Tecnologia faz papel de moto-escola e ensina motociclista a frear

Cicero Lima

Colaboração para o UOL

O uso correto dos freios é um desafio para a maioria dos motociclistas iniciantes. Nas situações de emergência, muitos acionam apenas o freio traseiro. O resultado é a perda do controle da moto e o aumento do espaço necessário para frenagem.

Aos olhos dos mais experientes, isso é inadmissível, mas comum, já que os novatos recebem poucas instruções sobre frenagem durante o aprendizado.

Geralmente, o curso acontece em pistas improvisadas, sem espaço até para troca de marchas. Os alunos se preocupam mais em treinar o percurso para não reprovarem do que aprender a pilotar realmente.

Divulgação
Moto-escolas ensinam motociclistas a passar na prova, e não a pilotar
COMO FAZ?
A forma mais eficiente de frear é distribuir equilibradamente a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira, equilibrando o conjunto. Segundo a Associação Brasileira de Prevenção dos Acidentes de Trânsito, a distribuição deve ser de 70% na roda dianteira e 30% na traseira -- e cabe ao motociclista deve analisar as condições de aderência da pista a fim de dosar corretamente a pressão no manete e no pedal.

A recente novidade, dos freios combinados, deverá ajudar iniciantes nessa missão. Trata-se, basicamente, de um sistema capaz de distribuir a força de frenagem entre a roda traseira e dianteira. Se o piloto pisar apenas no pedal do freio traseiro, um cilindro mestre é acionado dosando a frenagem, e a roda dianteira será responsável por 35% da força.

Segundo a Honda, que recentemente apresentou a CG Titan 2015 equipada com a tecnologia, o novo sistema pode fazer com que a distância de frenagem seja reduzida em até 20%. Em breve outros fabricantes devem mostrar suas opções.

Divulgação
Forma mais eficiente de frear é distribuir a força entre as rodas dianteira e traseira
TECNOLOGIA PARA O POVO
Até hoje, o sistema de freios combinados estava disponível apenas em scooters ou motos acima de 300 cc. A nova CG CBS também deverá combater a crença popular de que usar o freio dianteiro em emergências pode fazer a moto capotar. "Eu uso apenas o traseiro, só aperto o dianteiro quando estou parada. Tenho medo de capotar" confidenciou a recém-habilitada Ana Pereira, de 23 anos.

A chegada do modelo da Honda também serve como alerta para a necessidade de reformulação no treinamento dos futuros motociclistas. Recentemente mostramos o formato adotado na Espanha que, associado a uma maior fiscalização e a melhores vias, foi capaz de reduzir acidentes com motociclistas.

Cicero Lima é especialista em motociclistas e sabe como frear.

*Coluna originalmente publicada às sextas-feiras com periodicidade quinzenal

NA ESPANHA NÃO TEM MOLEZA

  • Minuciosos exercícios de pilotagem para motociclistas são realizados em área fechada

  • Ao encarar o trânsito, motociclista é monitorado por instrutor, que o segue num carro

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos