Honda cria CTX 1300 para agradar estradeiros experientes

Aldo Tizzani

Da Infomoto

Honda CTX 1300
Veja Álbum de fotos

Projetada para o mototurismo, a recém-lançada Honda CTX 1300 está ancorada em três princípios básicos: conforto, tecnologia e experiência. Isso significa que ela foi desenvolvida para pilotos com muitos quilômetros rodados, que querem aliar desempenho, assistências tecnológicas na dose certa e ergonomia.

Apresentada no Salão de Milão (Itália) de 2013, em novembro, essa musculosa touring é muito parecida com a bagger Gold Wing F6B, já que usa carenagem frontal com duplo farol e compartilha o conceito "longa e baixa". Para completar, possui assento em dois níveis, malas laterais rígidas e para-brisa baixo, como a Harley-Davidson Street Glide, sua principal concorrente no mercado americano.

Ainda não há data marcada para a estreia do modelo no Brasil, nem preço estimado, mas a Honda irá vendê-lo nas cores vermelha, preta e branca, e em duas versões: standard e Deluxe -- esta última, equipada com controle de tração, sistema de freios ABS, lâmpadas em LED e sistema de áudio com Bluetooth e conectável a celulares.

MECÂNICA
Topo de linha da família, que inclui também os modelos 700 e 700N, a CTX 1300 usa motor ST1300, um V4 montado longitudinalmente a 90°. Com 1.261 cm³, refrigeração líquida e injeção eletrônica, o propulsor oferece muita força em baixas e médias rotações, com torque máximo de 10 kgfm, gerado logo a 4.500 giros. A potência chega a 83 cv, a 6.000 rpm.

A touring traz ainda câmbio de cinco velocidades e transmissão via eixo-cardã, que, segundo a Honda, é livre de manutenção e lhe confere bom escalonamento de marchas também em ambiente urbano. O tanque de gasolina tem capacidade para 19,5 litros de combustível e, de acordo com a marca, proporciona autonomia superior a 330 km.

O freio dianteiro usa dois discos de 310 mm, enquanto o traseiro possui disco simples de 316 mm. Na versão Deluxe, o conjunto recebe auxílio do sistema C-ABS (ativação combinada), para conseguir segurar os 338 kg da máquina com mais eficiência. Os amortecedores contam com múltiplas regulagens na pré-carga da mola, e as rodas em alumínio fundido são calçadas com pneus 130/70 R18 na dianteira e 200/50 R17 na traseira.

MIMOS PARA VIAGEM
Para reforçar sua vocação de estradeira, a CTX 1300 Deluxe ganhou alguns itens para que o motociclista possa curtir melhor a viagem, como sistema de áudio com dois alto-falantes na parte frontal, conector com iPods, leitor de MP3, de smartphones e visualização das informações no painel central de instrumentos. A compatibilidade com Bluetooth permite até usá-lo com intercomunicadores de capacete.

Também há um sistema de desligamento automático das setas e o painel de controle é completo, com velocímetro e conta-giros analógicos, além de um mostrador digital LCD, que inclui hodômetro, relógio e indicadores de consumo de combustível e temperatura ambiente. A CTX 1300 possui ainda uma completa gama de opcionais, que vai de para-brisa mais alto até luz de neblina, passando por encosto da garupa e top case. 

Honda no Salão de Milão 2013
Veja Álbum de fotos

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos