Honda NC700X é uma trail com uma roda na cidade

Carlos Bazela
Da Infomoto

  • Divulgação

    Moto de 670 cm³ deve chegar ao Brasil como uma opção mais acessível do que a Transalp

    Moto de 670 cm³ deve chegar ao Brasil como uma opção mais acessível do que a Transalp

  • http://img.uol.com.br/ico_verfotos.gif IMAGENS DA NOVIDADE

Ao contrário da Crosstourer, que também debuta este ano no mercado europeu, a NC700X não vem para engrossar o time das bigtrails de alto desempenho. Vista pela primeira vez na última edição do Salão de Milão em novembro passado, a Honda traz o conceito de uma motocicleta divertida para uso diário. E, para completar, o modelo ainda é tido como uma das apostas da marca a aportar por aqui em breve. 

O design não é completamente novo. A NC700X segue as mesmas linhas inauguradas pela Crossrunner e que também acabaram sendo incorporadas na aventureira Crosstourer. Entretanto, um pouco menos robusta, uma vez que uma das características da moto é ser ágil para se deslocar pelo trânsito das grandes cidades. Tendência reforçada pelo guidão alto e pelo assento em dois níveis feitos para oferecer conforto ao piloto e garupa.

Há outro ponto que chama a atenção no projeto da NC700X. No lugar onde normalmente está o tanque de combustível, a Honda optou por criar um espaço semelhante ao que existe embaixo do assento dos scooters. O compartimento é capaz de acomodar um capacete fechado e pode ser usado como substituto dos baús. O tanque de combustível, por sua vez, foi colocado abaixo do banco e tem capacidade para 14 litros.

TRAIL TECNOLÓGICA
Se por fora a NC700X tem o aspecto de uma moto que você já viu antes, por dentro, a coisa muda. A nova Honda está equipada com o mais recente propulsor criado pela marca japonesa. O motor com dois cilindros em linha SOHC (comando único no cabeçote) de 670 cm³ foi usado pela primeira vez no Integra, ainda em sua fase conceitual. Daí o seu tamanho compacto e quase "quadrado", com diâmetro x curso de 73 x 80 mm. 

Capaz de gerar até 51,8 cv de potência máxima a 6.250 rpm, o novo propulsor tem refrigeração líquida e torque máximo de 6,3 kgfm a 4750 rpm. Potência equilibrada para uso nos centros urbanos, mas que também favorece deslocamentos um pouco mais longos, como os de uma cidade à outra. 

O conjunto de freios conta com disco de 320mm de diâmetro na roda dianteira com pinça de dois pistões; e de 240mm com pinça de pistão único na traseira. A exemplo de outros modelos da marca, a Honda também disponibiliza uma versão da NC700X equipada com o sistema Combined ABS, presente na VFR 1200F, CB 1000R, entre outros.

A Honda está decididamente investindo em eletrônica embarcada nos seus novos modelos e a NC700X não foge à regra. Além do sistema de freios Combined ABS, a marca disponibiliza ainda uma terceira versão da moto que traz também o já conhecido sistema de embreagem dupla DCT (Dual Clutch Transmission). Em sua segunda geração, o DCT faz com que o câmbio funcione de maneira totalmente automática ou facilita as trocas de marcha por meio de duas borboletas colocadas nos manetes.

Honda NC700X
Veja Álbum de fotos

FAMÍLIA REUNIDA
O conceito da NC700X vai além de uma trail divertida para o dia-a-dia. Ela complementa uma família de motos de proposta urbana composta por sua irmã naked NC700S e pelo scooter com cara de motocicleta Integra. Além do motor, as motos apresentam também o mesmo quadro em treliça do tipo diamante.

A estratégia para baratear a produção segue ainda na parte ciclística, afinal os três modelos partilham a mesma balança monoamortecida e garfo telescópico dianteiro. Entretanto o curso da suspensão é diferente, o que ajuda a encaixar cada moto em um segmento diferente. A NC700X, por exemplo, conta com curso de 150 mm na traseira e 153 mm na dianteira.

POR AQUI
No último Salão de Tóquio, a Honda do Japão confirmou que os modelos da família NC700 são mundiais e, portanto, poderiam vir para o Brasil. Com a apresentação do conceito Honda Dream, nova estratégia da marca focada nos modelos de alta cilindrada e a boa aceitação das trails médias pelo mercado brasileiro, a NC700X aparece como a opção mais plausível para aportar por aqui entre a sua irmã naked e o scooter Integra. Especula-se inclusive que ela venha ainda este ano para ser uma opção mais acessível do que a Transalp, uma vez que no mercado europeu a versão top de linha da NC 700X custa cerca de 700 euros a menos do que a Transalp.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos