Conheça as dez principais motos que chegam ao Brasil em 2012

Arthur Caldeira
Da Infomoto

  • Doni Castilho/Infomoto

    Após ano de recorde de vendas, mercado de motos brasileiro terá vários lançamentos em 2012

    Após ano de recorde de vendas, mercado de motos brasileiro terá vários lançamentos em 2012

  • http://img.uol.com.br/ico_verfotos.gif OS LANÇAMENTOS EM IMAGENS

Fechamos 2011 com recorde no emplacamento de motos. Segundo dados oficiais, foram comercializadas 1.940.564 motocicletas no ano passado -- um aumento de 7,5% em comparação a 2010. Aparentemente, o mercado brasileiro de duas rodas superou a crise financeira e deve crescer ainda mais em 2012. Boa notícia para os consumidores motociclistas que devem ser presenteados com diversos lançamentos ao longo deste ano que se inicia.

Com base nas novidades apresentadas no exterior e também analisando os segmentos mais promissores do mercado de motocicletas, elaboramos uma lista das 10 principais motos que devem ser lançadas no Brasil em 2012. Algumas já são dadas como certas outras são apostas do que deve desembarcar nas concessionárias neste ano. Escolha sua nova moto para acelerar em 2012!

BMW G 650 GS Sertão -- Lançada mundialmente no Salão Duas Rodas 2011, a versão mais off-road da G 650 GS homenageia a árida região brasileira e traz alguns itens para incrementar seu potencial off-road, como suspensões mais altas, para lamas novos e protetores de mão. A previsão é de que G 650 GS Sertão desembarque por aqui no segundo semestre.

Dafra SYM Next 250 -- Na esteira do sucesso do scooter Citycom 300i, a Dafra lança o segundo modelo em parceria com a taiwanesa SYM: a Next 250. Equipada com motor de um cilindro, comando simples no cabeçote e 249,4 cm³ de capacidade, a naked de 250cc traz injeção eletrônica para produzir 24 cv de potência máxima a 7.500 rpm. A Next 250 oferece ainda rodas de liga leve e freio a disco nas duas rodas para brigar de frente com Yamaha YS 250 Fazer e Honda CB 300R. A Dafra Next 250 chega no final de abril e seu preço deve ficar em torno dos R$ 11.000.

Os dez principais lançamentos de 2012
Veja Álbum de fotos

Ducati Panigale 1199 -- Com lançamento mundial marcado para fevereiro próximo, a revolucionária Ducati Panigale 1199 tem tudo para desembarcar no Brasil até o final de 2012. Afinal, os italianos ainda mantêm os planos de construir uma linha de montagem em Manaus e já há uma rede de distribuidores no País. Lançada como uma revolução na família de superesportivas da marca italiana, a Panigale chega para quebrar paradigmas. Em vez do quadro em treliça conta com um chassi monocoque, muita tecnologia embarcada e o novo motor Superquadro, um "V2" capaz de produzir 195 cavalos de potência máxima. Sem falar que os italianos capricharam mais que nunca no design da Panigale.

Honda NC 700X -- A trail de 700 cc foi apresentada no último Salão de Motos de Milão juntamente com uma versão naked -- ambas, assim como o scooter Integra, utilizam um novo motor de dois cilindros paralelos de 670 cm³ e também são feitas sobre a mesma plataforma (chassi, quadro e rodas). Com esse projeto, inédito no mercado de motos, a Honda pretende baratear os custos de produção dos modelos. Estrela também do Salão de Tóquio, a NC 700X foi especulada como o próximo lançamento da marca japonesa no Brasil. Rumores dão conta, inclusive, que a NC 700X poderia até ser produzida por aqui, o que a tornaria uma opção acessível no mercado trail de 700cc.

Honda CBR 250R -- Mostrada no Salão Duas Rodas 2011, a pequena esportiva de 250cc deve fazer sua estreia já neste primeiro semestre. Equipada com motor de um cilindro, porém com refrigeração líquida e injeção eletrônica, a pequena CBR tem sido sucesso de vendas em todo o mundo. Apesar de seu motor de modestos 26,4 cv, o visual é de moto maior. Além disso, o modelo traz freio a disco nas duas rodas com sistema Combined ABS. A grande incógnita ainda é o preço final, já que inicialmente a CBR 250R deverá ser importada da Tailândia e, com isso, deve chegar a valor alto dentro da sua categoria. Sua principal concorrente no mercado nacional, a Kawasaki Ninja 250, montada em Manaus (AM), tem preço sugerido de R$ 15.540. Como a nova Honda vem pra brigar com a pequena Ninja, espera-se que o preço não seja muito acima disso.

Kawasaki ZX-14R -- Completamente renovada para 2012, a superesportiva (deveria ser "hiper") ZX-14R foi lançada em outubro de 2011 no exterior e deve desembarcar no Brasil ainda neste ano –- se a Kawasaki seguir a política dos últimos tempos. E já chega com a fama de ser a moto com a mais rápida aceleração do mundo! Segundo a Kawasaki, o novo motor de quatro cilindros em linha, com comando duplo no cabeçote (DOHC) teve sua capacidade aumentada para 1.441 cm³ e percorre os 400 metros das corridas de arrancada em 9,4 segundos! Para segurar a fúria da nova Kawa, controle de tração regulável e freios compostos por discos duplos semi-flutuantes com pinças radiais de quatro pistões na frente e na traseira um disco único com pinça de pistão duplo. Embora a marca não divulgue oficialmente o torque e a "cavalaria" da Ninja ZX-14R, rumores que circulam pela Casa de Akashi afirmam que ela tem mais de 200 cv, que podem subir para 250 cv com a ação da indução direta de ar. Um míssil em duas rodas!

KTM Duke 200 -- A KTM confirmou sua fábrica em Manaus para este ano, mas também afirmou que vai fortalecer primeiro sua linha Adventure, com as big-trails de 990 cc no primeiro semestre. Mas para popularizar a marca entre os motociclistas urbanos, a KTM deve montar a Duke 200, uma pequena naked de alto desempenho com motor com refrigeração líquida, suspensões de qualidade e freios Brembo. Lançada recentemente na Índia e em outros mercados, a Duke de 200cc deve servir como porta de entrada para a marca austríaca.

MV Agusta F4 RR Corsa Corta -- Em 2011, a parceria entre a Dafra e a MV Agusta já trouxe ao Brasil a F4 1000 e a Brutale 1090RR. Para este ano, deve chegar às concessionárias da fábrica italiana a F4 RR Corsa Corta, equipada com uma nova versão do motor de quatro cilindros em linha, 16 válvulas e 998 cm³ de capacidade cúbica, que gera 201 cv a 13.400 rpm de potência máxima. Com esse desempenho, a F4 RR Corsa Corta é uma das poucas motocicletas do mundo a contar com um motor de mais 200 cv. O preço sugerido será de R$ 150 mil.

Suzuki GSX-R 750 -- Em 2011, a J.Toledo Suzuki renovou sua linha de baixa cilindrada, mas não trouxe ao país as novas versões de suas potentes superesportivas. A aclamada GSX-R 750 à venda no Brasil, por exemplo, ainda se trata do modelo 2010 em comparação ao exterior -- já que há dois anos a Suzuki lançou na Europa uma esportiva de 750cc completamente renovada. Apostamos que, neste ano, a J.Toledo deve começar a comercializar no país a nova GSX-R 750 que, além do visual renovado, tem novo chassi e um novo mapeamento do motor. Quem sabe a GSX-R 1000 2012, mostrada em Milão, também não chega às concessionárias brasileiras da marca?

Triumph Tiger 800 -- Como a marca inglesa anunciou que voltará ao Brasil neste ano, nossa esperança é que ela chegue por aqui com algumas novidades já à venda no exterior, fugindo um pouco das conhecidas Daytona 675 e Speed Triple. Por isso, a Tiger 800 seria uma boa pedida, afinal as motos trails de média cilindrada têm um público cativo no Brasil, como mostram as vendas da XT 660R e da BMW G 650GS. A concorrente inglesa, equipada com motor de três cilindros de 799 cm³ e 95 cv de potência máxima, pode vir para apimentar ainda mais o segmento.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos