Aventureira, Triumph Tiger 800 chega ao mercado europeu

Da Infomoto

  • Divulgação

    A trail inglesa de média cilindrada traz desenho diferenciado e motor de três cilindros, que gera 95 cavalos de potência máxima

    A trail inglesa de média cilindrada traz desenho diferenciado e motor de três cilindros, que gera 95 cavalos de potência máxima

  • VEJA FOTOS DA TRIUMPH TIGER 800

O lançamento da Triumph Tiger 800 foi cercado de mistérios. A centenária marca fez de tudo para que sua nova trail de média cilindrada tivesse o status de nobre inglês. E não é que conseguiu? Durante vários meses a montadora foi preparando o motociclista para a exibição oficial da moto, que aconteceu em novembro no Salão de Motos de Milão, na Itália. Em uma primeira fase, a Triumph divulgou um desenho de como seria a moto, na sequência postou alguns vídeos na internet, mostrando imagens desfocadas e pouquíssimos detalhes do modelo. Depois da apresentação oficial e muitos elogios da imprensa especializada, finalmente a Tiger 800 chega às concessionárias européias oferecendo design arrojado e o tradicional motor de três cilindros em linha, capaz de gerar 95 cv de potência máxima. São comercializadas duas versões: standard e XC, com preços a partir de 9.000 euros.

O modelo básico conta com rodas de alumínio e pneus de perfil mais estradeiro. Mais aventureira, a XC traz rodas raiadas e opção de pneus com cravos para a prática do off-road. Mas as diferenças entre elas não param por ai. No modelo standard, a roda dianteira tem 19 polegadas e usa pneu 110/80 ZR; enquanto a versão topo de linha utiliza roda de 21 polegadas calçada com pneu 90/90 ZR 21. Na traseira, rodas de 17 polegadas, com pneus na medida 150/70 em ambas.

MOTOR DE 95 CAVALOS E CORPO DE AÇO
Para a Tiger 800, a Triumph desenvolveu um motor totalmente novo, mas sem perder sua identidade. Ou seja, um propulsor de três cilindros em linha, que confere força em baixas e médias rotações, como nos propulsores de dois cilindros em “V”, aliada à elasticidade dos motores de quatro cilindros em linha.

Neste projeto, a moto ganhou motor de 799 cm³ de capacidade cúbica, que gera 95 cv de potência máxima e 8,06 kgfm de torque máximo. Só para comparar, sua principal concorrente, a BMW F 800 GS conta com propulsor de dois cilindros paralelos, 798 cm³ de capacidade e 85 cv de potência. Segundo a engenharia da Triumph, este novo motor da Tiger 800 foi desenhado para facilitar a condução, já que a entrega de potência é bastante progressiva.

Em sua primeira incursão ao “mundo adventure” com uma trail de média cilindrada, a marca inglesa criou uma moto bastante resistente, já que seu chassi é construído em aço tubular e a balança em alumínio, capazes de suportar grande capacidade de carga ou acessórios. Falando nisso, na Europa a Tiger 800 conta com uma ampla linha de acessórios e tipos de pneus, para deixar a moto cada vez mais aventureira.

CICLÍSTICA E PAINEL DE INSTRUMENTOS
Tanto a Tiger 800 quanto a Tiger 800 XC usam discos duplos flutuantes de 308 mm de diâmetro no trem dianteiro, mordidos por pinças de dois pistões. Na parte traseira, disco simples de 255 mm de diâmetro, com pinça flutuante de um pistão. O sistema de freios ABS é opcional.

Com relação ao conjunto de suspensões, pequenas mudanças entre as duas versões. Na versão standard, garfo invertido de 45 mm e 220 mm de curso. Na parte traseira, monoamortecedor com ajuste na pré-carga da mola e 170 mm de curso. Na versão XC, com características mais off-road, a moto traz uma suspensão de maior curso. Ou seja, 220 mm na dianteira e, 215 mm de curso na traseira. Ambas as motos contam ainda com regulagem da altura do assento.

Com peso de 210 kg em ordem de marcha, a nova trail da Triumph conta com um completo painel de instrumentos em LCD formado por indicador de nível de combustível, indicador de marcha e relógio. A moto está preparada para receber vários dispositivos elétricos como, por exemplo, manoplas aquecidas, luzes auxiliares e GPS. Além disso, existe a possibilidade de adotar malas laterais rígidas, cavalete central e protetores de punhos e de cárter. A chave de ignição conta com imobilizador, que inibe ação do alheio. Na Europa, a Tiger 800 tem preço sugerido de 9.000 euros. Infelizmente, ainda não há previsão de chegada do modelo ao Brasil. (por Aldo Tizzani)



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos