Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://carros.uol.com.br/album/mobile/2013/07/02/dart-gt-2013.htm
  • totalImagens: 18
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130702182834
    • Dart [61167];
    • Dodge [33700]; Chrysler [13563];
    • Dodge [33700]; Chrysler [13563];
Fotos

Dodge Dart é sedã médio da marca de estilo e performance da Chrysler; fabricado sobre plataforma do italiano Alfa Romeo Giulietta, foi apontado para ser vendido no Brasil, mas preço elevado mina planos da empresa Divulgação Mais

Dart é um médio padrão: são 4,67 metros de comprimento com 2,70 m de entre-eixos; preço no Brasil, porém, seria de carro grande de luxo e, neste cenário, Chrysler descarta importação Divulgação Mais

Dart parte de US$ 16 mil (pouco mais de R$ 35 mil) nos EUA, chegando a US$ 24.600 na versão GT testada (acima de R$ 54 mil, limpos); impostos e outros acréscimos jogariam preço no Brasil a R$ 130 mil, inviabilizando negócio, diz Chrysler Divulgação Mais

Dart assume identidade Dodge com lanterna inteiriça, que atravessa a traseira e é assinada pelo emblema; versão esportiva GT aposta em dupla saída de escape, apesar do motor ser um 4-cilindros em linha Divulgação Mais

Grade em preto brilhante, lentes escurecidas e cores chamativas (este laranja é o Header Orange Clear) completam receita que dificilmente seria apreciada pelo tradicional comprador brasileiro de sedãs Eugênio Augusto Brito/UOL Mais

Diferentes texturas e assinatura da Dodge no interior do conjunto óptico apontam refino de acabamento, ainda que Dart abra mão de lâmpadas de xênon ou mesmo LEDs à frente Divulgação Mais

Pacote GT inclui rodas de alumínio de 18 polegadas calçadas com pneus 225/40 Divulgação Mais

Suspensão esportiva independente mescla McPherson à frente, multilink com barra estabilizadora atrás e amortecedores de impacto com sensores de frequência Divulgação Mais

Sigla GT (Gran Turismo no universo automotivo) evocaria modelos com grande aptidão esportiva e equipamentos de ponta, típicos de pista, mas uso em modelos mais comedidos está em voga há algum tempo Divulgação Mais

"Esquecidos" no farol, LEDs surgem na lanterna e garantém showzinho à noite Divulgação Mais

Porta-malas é bem acabado, mas não espetacular: são 370 litros com braços aparentes, ainda que curso não afete muito o espaço. Atenção ao padrão Dodge: tampa se abre por botão da cabine ou da chave, nunca "na mão" Eugênio Augusto Brito/UOL Mais

Cabine do Dart dá lição: espaço é excelente para quatro ocupantes, que só vão se tocar se assim quiserem; além disso, tudo o que está ao alcance da mão e dos olhos tem textura suave; volante tem tamanho G ao estilo Dodge Divulgação Mais

Dart original, dos anos 1960/1970, era espartano e se valia do motorzão; releitura trocou força por jeito ou rusticidade por tecnologia: instrumentos surgem em tela de 7 polegadas com forma, cor e conteúdo definidos pelo condutor Divulgação Mais

Esta é outra variação do painel de instrumentos "self service"; leva-se um tempo para se aprender a usar o sistema, mas ganha-se em praticidade e em história para impressionar os amigos Divulgação Mais

Quer mais tecnologia? Tela central de 8,4 polegadas parece a do Dodge Journey (ou do Fiat Freemont), mas além de comandar som, telefonia e ajustes do carro (como o ar condicionado de duas zonas), fica online para encontrar restaurante, posto de combustível, a rota da praia ou entregar o caminho feito por seu filho na escapada da noite anterior Divulgação Mais

Esteira da Mopar (azul), grife de personalização da Chrysler, carrega smartphones por indução, sem cabos Divulgação Mais

Bancos da versão GT são de couro Nappa perfurado, com aquecimento e tamanho de poltrona do papai; quantidade de porta-objetos é limitado, mas isso não chega a incomodar num carro desta estirpe Divulgação Mais

Quatro-cilindros MultiAir 2 da Fiat, de 2,4 litros, ganha o nome Tigershark ao mover Dart GT: gera 184 cv e 20,4 kgfm de torque; câmbio é manual ou automático de seis marchas; detalhe: haste, não amortecedores, mantém capô aberto Eugênio Augusto Brito/UOL Mais

Dart GT 2013

Veja mais: "DART CUSTARIA R$ 130 MIL NO BRASIL" , VOCÊ PAGARIA? VOTE JÁ!

Últimos álbuns de Carros

UOL Cursos Online

Todos os cursos